Mistério

Apavore-se com Carazi e tente dormir após conhece-lo

Em nosso mundo, às vezes, uma misteriosa criatura chamada Carazi resolve aparecer… muitos afirmam já tê-lo visto por ai, andando a noite e se escondendo em cantos escuros de suas casas. Estas pessoas alegam que esse estranho ser tem aparência de uma pequena criança de seis anos, mas não se engane. Apesar de parecer uma criança, seus olhos são totalmente negros, sem íris e refletem a noite, onde deveria ser sua boca há apenas pele e suas mãos possuem garras no lugar dos dedos. O Carazi tem o costume de entrar em sua casa durante a noite e procurar cômodos e cantos escuros para se esconder e te observar, ele gosta muito de sofás, estantes, armários e até gavetas, porém muitas vezes precisa se contorcer para caber nesses locais apertados.

carazi-tricurioso-euteconto-2

Ainda durante a noite ele observa você e seus movimentos, quando você levanta para ir ao banheiro ou tomar água, ele entende como um bizarro convite para entrar em seus aposentos. Lá, ele se esconde embaixo da sua cama ou dentro do seu próprio armário e permanece te observando. Imediatamente, seu sono vai embora, você começa a ter sérias dificuldades para dormir e desenvolve uma grave insônia. Depois de algumas noites sem dormir, você começa a conseguir ver o Carazi te observando com seus olhos escuros, mas não adianta pedir socorro ou contar a alguém, ninguém acreditará pois só você conseguirá vê-lo. Em raros casos a pessoa surta, cria um tipo de paranoia muito grave e começa a achar que está sendo observada em todos os lugares, já outros simplesmente aprendem a conviver com o monstro, simplesmente o ignorando por completo e recorrendo a remédios e chás para dormir.

Vale lembrar que o Carazi é um cara silencioso, porém até mesmo o mais cuidadoso ser emite alguns barulhos… então, talvez aqueles sons sinistros a noite de passos e arranhões, portas rangendo e gavetas batendo não sejam apenas vento, impressão ou o sono batendo a porta… na verdade, pode ser oposto disso.

 

Participe! Deixe seu comentário...

Você também pode gostar de