Curiosidades

Vivendo em Covilhã – Portugal

Este é o meu primeiro post aqui no Tricurioso. E aproveito desde já ao Edu e à Amanda, por toda a confiança depositada em alguém que vive do outro lado do oceano. Portugal! Ah, e alguém que não tem experiência nenhuma neste tipo de coisas.

Neste momento, o site já tem um nome, um endereço na rede, uma plataforma pronta, um layout definido, tudo. E foi quando o Edu me convidou para fazer parte desta equipe. Estou no meu local de trabalho, sentada em frente do ecrã do computador, pronta para dar inicio ao meu primeiro post e nada! Não sai nada, diaboooooooo! Talvez seja só um pouco de timidez em não saber como me apresentar. Mas isso é fácil de resolver.

Nada impede que eu fale um pouco de mim, da minha experiência de vida pessoal e profissional, de forma a que vocês desse lado, me conheçam… Afinal, não passo de uma mortal como todos.

Normalmente os primeiros posts são muito significativos, mas a verdade é que poucas pessoas deverão abrir para o ler. E como não sou de muitos “mi mi mis”… “Olá sou a Sofia, e sou de Portugal, etc etc etc”, optei por vos falar um pouco sobre a minha cidade. Cidade essa, que todos os anos enche de jovens brasileiros para estudarem na Universidade. Foi aqui que eu me licenciei em Marketing. E neste momento sou Especialista em Publicidade e Marketing.

Com cerca de 37 mil habitantes, a  Covilhã  é uma cidade portuguesa de média dimensão.

Situada na encosta da Serra da Estrela, a maior montanha de Portugal continental (é aqui que funciona única estação de esqui do país, muahahah), a Covilhã é hoje uma cidade universitária com cerca de 7 mil estudantes. Outrora conhecida como a “Manchester Portuguesa” pela sua tradição têxtil, a cidade é ainda hoje um dos maiores centros de produção de tecidos, mas a esta indústria acrescentou agora a aposta no turismo e nas novas tecnologias. Os parques tecnológicos  Parkurbis e UBI Medical, bem como os parques industriais, acolhem empresas nacionais e internacionais desta área. A recente inauguração do Data Center da Portugal Telecom, o 6º maior do mundo,  e a futura  instalação do centro de competências em Cloud Computing, tornaram esta região uma referência nacional no campo das TIC.

Data Center Portugal Telecom:

datacenter08b.jpg

Serra da Estrela – Covilhã:

Serra da Estrela | Covilhã

Serra da Estrela | Covilhã

Universidade da Beira Interior – Covilhã:

Universidade da Beira Interior | Covilhã

Universidade da Beira Interior | Covilhã

Casa antiga – Covilhã:

Casa antiga | Covilhã

Casa antiga | Covilhã

Jardim Público – Covilhã:

Jardim público| Covilhã

Jardim público| Covilhã

Com três superfícies comerciais (Shoppings Centers) de grandes dimensões e um comércio tradicional de relevo, a cidade dispõe de vários espaços de lazer, estruturas de saúde de grande qualidade e uma rede de transportes com diversas ligações diárias às grandes cidades portuguesas.

Uma curiosidade, a Covilhã foi a cidade selecionada pela Google para ser, em Fevereiro deste ano, a anfitriã do “Ingress First Saturday”, um evento que reuniu equipas (equipes) para disputarem o jogo “Ingress”. Baseado em ficção científica, este jogo transforma o mundo real no cenário de um jogo internacional de mistérios, intrigas e competições. O jogo tem duas equipas (equipes) e cada jogador quando inicia o jogo pela primeira vez tem de optar por uma: Iluminados ou Resistência. Pois é, das mais de 150 cidades candidatas, foram escolhidas 48, e de entre as 15 cidades europeias, a Covilhã foi uma das selecionadas.

Com tão pouco que falei da “minha” cidade, já referi alguns nomes importantes: Portugal Telecom e Google.

Estão  quando quiserem fazer Erasmus (Intercambio), pensem em visitas a Covilhã! 

Equipe (equipa) TriCurioso: Gostaríamos de parabenizar nossa nova redatora que como todos já sabem está localizada la do outro lado do oceano, mais precisamente em Portugal. Para facilitar a leitura de nós brasileiros, seu texto foi adaptado para o PT-BR. Porém algumas gírias e palavras diferentes foram mantidas para que todos possam descobrir um pouco sobre as diferenças de escrita entre o Brasil e Portugal.

Leia Também: