Tecnologia

Saiba tudo sobre o Hoverboard

Saiba tudo sobre o Hoverboard
Foto: Divulgação

Qual criança – ou adulto – nunca sonhou em ter um skate voador igual ao que Marty McFly usa para fugir de Biff Tannen em “De Volta Para o Futuro 2”? Esse sonho motivou diversas empresas a tentar desenvolver um protótipo funcional, e ao longo dos anos já nos deparamos com várias notícias anunciando o “ano do hoverboard”.

Depois de muita expectativa, parece que estamos finalmente próximos de ver esse sonho se tornar realidade. Isso porque recentemente a Lexus, uma fabricante de carros de luxo, disponibilizou um teaser de seu protótipo, aumentando ainda mais a esperança de vermos os hoverboards disponíveis no mercado.

Porém, a Lexus não foi a única a tornar “realidade” a possibilidade de flutuar em um skate: para quem não se lembra, no ano passado a Arx Pax apresentou para o mundo o Hendo, o seu protótipo de hoverboard.

Como esses skates voadores funcionam?

Até agora a Lexus não disponibilizou muitas informações sobre o seu protótipo SLIDE. Entretanto, assim como os outros modelos já conhecidos, sabe-se que ele utiliza o magnetismo para flutuar e por isso só funciona em superfícies metálicas.

Quem assistiu ao teaser deve ter notado que há uma fumaça saindo do skate – não, ela não é só um efeito especial pirotécnico. A tecnologia do SLIDE utiliza nitrogênio líquido na refrigeração dos condutores (é daí que vem a fumaça), além dos imãs na prancha que permitem sua flutuação. O lado ruim é que a empresa ainda não divulgou muitas informações sobre o skate ou como ele funcionaria na prática.

Já o Hendo, da Arx Pax, invadiu a Internet em 2014, e é possível ver seu funcionamento em diversos vídeos. Ele também cria um campo magnético para se manter no ar, e os seus quatro motores em formato de disco garantem que o skate flutue há 2,5 cm do chão e ainda aguente o peso de um corpo humano. Porém, por se valer do magnetismo para levitar, ele só funciona em superfícies metálicas. Além disso, o protótipo custa cerca de 10 mil dólares e sua bateria acaba em poucos minutos.

Apesar de serem capazes de flutuar e aguentar o peso de um corpo humano, ambos os protótipos ainda apresentam seus pontos negativos. O Hendo, por exemplo, pesa cerca de 40 quilosimagina levar esse brinquedinho para o parque?!

O lado positivo é que os meios e tecnologias para desenvolver um hoverboard totalmente funcional e igual ao do filme já existem, afinal, a parte mais difícil (fazer os skates levitarem) já foi alcançada. O ano de 2015 pode ser bem diferente daquele mostrado em “De Volta Para o Futuro 2”, mas, se tudo der certo, até o dia 21 de Outubro – data em que o personagem de Michael J. Fox chega à nossa época, no filme – teremos pelo menos uma semelhança com o futuro de Marty McFly e Doctor Brown.

E você, também sonha em utilizar um incrível hoverboard? Comente!

Leia Também: