Curiosidades

Invenções que viraram contra seus inventores…

Fala pessoas, tudo bem com vocês? Sabe, nesses dias eu vi um programa com os maiores inventos da história, e pensei em fazer um artigo sobre eles…. mas diferente: quis fazer o texto sobre quem não se deu bem testando-os. Então hoje vos trago (rufem os tambores) Top 5: Inventores que morreram ao testar suas próprias invenções (daí o título) então vamos lá:

5º lugar: John Thomas e seu Babs

1926-parry-thomas-babs

John era um engenheiro e piloto de corrida. Criou o Babs (foto) que tinha como finalidade de bater seu rival Malcolm Campbell. Era um carro inovador por ter correntes que ligavam o motor às rodas, dando-lhes propulsão. Em abril de 1926, quebrou o recorde chegando a 275 km/h como tanto sonhava, porém Campbell acabou batendo esta marca. Ao tentar recuperar seu poder, uma das correntes voou e acertou em cheio, e fatalmente, seu pescoço.

4º Lugar: Henry Fleuss e sua máquina de oxigênio

Em 1876, Fleuss inventou o respirador que não funcionava com ar comprimido, como de costume, e sim com oxigênio comprimido. A ideia era ser usado em consertos das postas de ferro em navios afundados/em estado de perigo. Ele testou sua invenção mergulhando em 30 metros de profundidade. Ele só se esqueceu de um pequeno detalhe: oxigênio se torna fatal para seres humanos em altas pressões.

3º Lugar: Thomas Midgley e sua cama
Inventores-que-morreram-com-suas-próprias-invenções-Resumo-da-Net-17

Thomas, um importante químico e engenheiro mecânico, contraiu poliomielite com 51 anos. Tendo seus movimentos muito limitados, viu como era difícil levantar-se de sua cama, com isso decidiu criar um sistema de roldanas e cordas para que essa ação fosse facilitada. Porém, em 1944, acabou sendo estrangulado pelas cordas de seu invento, não resistindo.

2º Lugar: Karel Soucek e seu barril

inventores_mortos05

Soucek era um famoso dublê conhecido por criar um barril à prova de choque, descendo com ele pelas Cataratas do Niágara sem grandes ferimentos. Porém a sorte não quis sorrir duas vezes para Soucek e, no seu segundo salto, em 1985, pediu que uma empresa financiasse a proeza do topo do Houston Astrodome. No entanto, na hora final da apresentação, seu barril girou no ar e atingiu a lateral  do poço d’água que estava lá para sua aterrissagem, deixando-o gravemente ferido e ocasionando sua morte.

1º Lugar: Franz Reichelt e seu traje Batman voador
163

Em fevereiro de 1912, Reichelt – alfaiate, pioneiro em paraquedismo e inventor – decidiu testar sua invenção mais recente: uma roupa paraquedas. Mas testou do telhado de sua casa? Não! Ele simplesmente saltou da Torre Eifell, em Paris. Apesar do apelo de seus amigos e espectadores, sua invenção foi testada, porém não foi bem sucedida. Reichelt se esborrachou no chão.

*BÔNUS* Perilo e seu touro de bronze

Colocarei aqui a que foi, na minha opinião, a mais cruel das mortes por invenções como bônus.Pierre_Woeiriot_Phalaris
Perilo de Atenas era um grande inventor que lidava com bronze. Sua invenção, que lhe rendeu a fama, foi um touro de bronze onde o corpo de quem deveria ser executado era colocado em seu interior. Após isso, uma fogueira era acesa abaixo do touro, queimando vivo o criminoso. O pior era que gritos e fumaça saíam de um cano que o levava às narinas do animal. O mais irônico é que usaram o próprio Perilo para testar a invenção. A ordem foi dada pelo Tirano de Agrigento (Grécia Antiga), Faláris. Ele pediu que Perilo demonstrasse como funcionava a tubulação no interior do touro. Porém, quando entrou, os guardas acenderam a fogueira e o deixaram lá até perto de sua morte. Ao sair de lá, semimorto, jogaram-no de um penhasco.

E então, já tinham ouvido falar nesses inventores? Conhece mais algum que teve seu fim por sua própria invenção? Não esqueça de comentar!

Participe! Deixe seu comentário...

Você também pode gostar de