Curiosidades

Por que existem tantos idiomas no mundo?

Por que existem tantos idiomas no mundo?

Atualmente temos no mundo cerca de 7.097 idiomas sendo falados, segundo o compêndio Ethnologue que é considerado o maior inventário de línguas do planeta.

Acredita-se que ainda possa existir entre cerca de 300 a 400 línguas que ainda não foram catalogadas em algumas regiões do Pacífico e da Ásia. Com o tempo, algumas línguas foram deixando de ser faladas, outras surgiram e os números foram variando. Pelas contas da ONU, existem cerca de 193 países atualmente, cada um possui seu próprio idioma, alguns tem mais de um, mas afinal, por quê existem tantos idiomas no mundo? Já parou para pensar nisso? Confesso que sempre me perguntei e achei que seria maravilhoso se falássemos todos a mesma língua. 

Sabemos que a humanidade nunca viveu junta, enquanto havia um povo em certo território, do outro lado existia um outro povo que era incomunicável, já que não existiam meios que pudessem entrar em contato. Nós humanos nascemos por natureza sem saber falar, então temos que aprender, um exemplo disso é que se o filho de um casal brasileiro, nascer no Brasil e antes de aprender a falar, for para a Itália, ele aprenderá a falar o idioma de lá. 

Muitos acreditam que todos os idiomas que falamos hoje vieram de uma língua-mãe que teria surgido a pelo menos, uns 9 mil anos atrás que é a proto-indo-europeu. Países das Américas, Europa e até mesmo da Índia falam línguas que se agrupam nesse filo linguístico. O império Romano teve forte função na formação de boa parte dos idiomas que encontramos atualmente, isso porque conforme o tempo ia passando e novas terras eram conquistadas, a língua falada por esse império, que era o latim, foi imposto ao povo das novas regiões. 

Conforme o tempo avançava, o domínio dos césares ia enfraquecendo e começava a se intensificar a construção de dialetos dentro das línguas faladas nas terras conquistadas pelo império romano. Mais tarde esses novos dialetos se transformariam em novos idiomas, foi assim que surgiu o português, italiano e francês, por exemplo. Estima-se que 90% das línguas existentes estejam na boca de apenas 6% da população mundial, fazendo assim que não cheguemos a conhecer todas elas.

Seria ótimo se pudéssemos falar todos o mesmo idioma, não acha? Aqueles que não tem facilidade para aprender outras línguas iriam amar. Atualmente o Mandarim é a língua mais falada do mundo, mas quem sabe ainda apareça uma em que todos os habitantes da terra consigam falar e entender?

Gostou da matéria de hoje? Compartilha e comenta esse post!

Leia Também: