Curiosidades

Quais são os países que mais consomem refrigerante?

Quais são os países que mais consomem refrigerante?

Sempre que saímos para fazer algum tipo de refeição, é comum pedirmos alguma bebida para acompanhar e nessas horas o refrigerante é um dos mais pedidos. O refrigerante é sem dúvida alguma uma das bebidas mais consumidas do mundo, ao mesmo tempo que divide muitas opiniões.

Em um mundo onde vivem mais de 7,53 bilhões de pessoas, é fácil de se imaginar que existem gostos diferentes e é aí que entra a divergência de opinião quanto ao refrigerante. Hoje iremos conhecer os problemas que ele pode causar.

Quais são os países que mais consomem refrigerante?

A Escola de Saúde Pública de Havard realizou uma pesquisa onde foram analisados os dados de mais de 37 mil homens e 80 mil mulheres ao longo de 30 anos. O cientista Vasanti Malik do Departamento de Nutrição de Havard foi o principal autor da pesquisa que listou os dez países que mais consomem refrigerante no mundo.

A análise levou em consideração o consumo médio per capita (por indivíduo) de refrigerante por país no ano de 2018 por litros, a lista ficou da seguinte forma:

Quais são os países que mais consomem refrigerante?

  1. China – 410,7
  2. EUA – 356,8
  3. Espanha – 267,5
  4. Arábia Saudita – 258,4
  5.  Argentina – 250,4
  6. Nigéria – 233
  7. Japão – 185,8
  8. Reino Unido – 168,3
  9. Turquia – 160,6
  10. Brasil – 114,6

Problemas que o consumo pode causar

Como bem sabemos, tudo em excesso se torna prejudicial, Vasanti Malik falou na pesquisa que:

Quais são os países que mais consomem refrigerante?

Em comparação com quem consume bebidas com adição de açúcar menos de uma vez por mês, o consumo mensal de uma a quatro dessas bebidas está associado a um aumento de risco de morte prematura de 1%. De duas a seis por semana, a um aumento de 6%. De um a dois por dia, a um aumento de 14%. De duas ou mais por dia, a um aumento de 21%

O consumo de refrigerante está aumentando conforme o tempo vai passando e isso se torna bastante preocupante, a ponte de vários profissionais da área de saúde fazerem campanhas. Uma das principais preocupações dos especialistas é o efeito que as bebidas açucaradas têm em crianças e adolescentes, pois o número de pessoas obesas com idade entre 5 e 19 anos aumentou de 11 milhões em 1975 para 124 milhões em 2016, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Quais são os países que mais consomem refrigerante?

Alguns outros problemas que podem ser destacados são:

  • Ataques Cardíacos – Pesquisadores apontam que o consumo do refrigerante pode aumentar em 20% a chance de um homem de 22 anos ter um infarto;
  • Ganho de Peso – Geralmente o consumo de calorias extras acaba resultando no aumento de peso, até mesmo o refrigerante diet pode levar a problemas;
  • Síndrome Metabólica e Doença Hepática Gordurosa – Embora a pessoa acabe não ganhando peso, o refrigerante se torna prejudicial para a saúde cardiovascular, principalmente nas mulheres, já que elas são mais propensas a desenvolver altos níveis de triglicérides;

    Quais são os países que mais consomem refrigerante?

  • Osteoporose – Um ingrediente que pode ser encontrado principalmente nos refrigerantes de cola pode ser prejudicial para os ossos. O ingrediente em questão se trata do ácido fosfórico. A substância causa maior acidez no sangue, o corpo então usa o cálcio dos ossos para neutralizar o ácido no organismo;
  • Diabetes Tipo 2 – O alto consumo de açúcar, como bem sabemos, pode acabar resultando em diabetes. Os refrigerantes, assim como todas as demais bebidas doces, aumentam o nível de glicemia de jejum e resistência à insulina.

    Quais são os países que mais consomem refrigerante?

Existem diversas pessoas que consomem diariamente uma quantidade considerável de refrigerante, mas acaba não dando tanta atenção à saúde por não sentir nenhum sintoma. É válido lembrar que muitas vezes os sintomas acabam não se manifestando, mas podemos estar com algum problema de saúde, por isso sempre é bom estar sendo acompanhado por um médico.

Você consome muito refrigerante? Comenta aqui em baixo e não esquece de compartilhar o post!

Leia Também: