Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Você sabia que os unicórnios realmente existiram?

Você Sabia Que Os Unicórnios Realmente Existiram?

As criaturas mitológicas costumam prender a nossa atenção, principalmente por conta das características delas. Mas o que nem todos sabem é que parte dessas criaturas de fato existiram e existem diversas evidências que apontam  para isto.

Os unicórnios geralmente são tratados como criaturas fofas, maior parte das vezes, são descritos como uma espécie de cavalo branco com um chifre no meio da testa. Eles são de fato criaturas que despertam nossa curiosidade e chamam bastante atenção, principalmente daqueles que amam mitologia. Você já imaginou se eles existissem? Pois pode imaginar, porque eles realmente existiram e chegaram a conviver com os humanos, vamos te explicar em detalhes agora mesmo.

Descoberta

Antes de tudo, é preciso que você esqueça todas as referências que você tem de como podem se parecer os unicórnios. Essas criaturas foram nomeadas pelos cientistas como  Elasmotherium sibericum, ou traduzindo, Unicórnio siberiano. Muitos acreditavam que eles teriam sido extintos a mais de 350 mil anos atrás, mas em 2016 cientistas descobriram um crânio bastante preservado da espécie.

Depois de alguns estudos, concluiu-se que a espécie viveu por aqui até mais ou menos 29 mil anos atrás, o que significa dizer que a raça humana chegou a conviver com eles. Os unicórnios siberianos eram bastante semelhantes com os rinocerontes que temos nos dias de hoje e podiam chegar a 2 metros de altura e 4,5 metros de comprimento, o animal era bem grande.

Você Sabia Que Os Unicórnios Realmente Existiram?

Características

Acredita-se que a região sul da Sibéria Ocidental serviu de refúgio para os animais e que alguns viviam migrando por diversas regiões. Só o chifre do “animalzinho” media 1 metro e seu peso podia chegar até 60 kg, seu peso total era de meros 3.600kg, além de grande, era bastante pesado. Apesar de todo esse tamanho e peso, os unicórnios siberianos eram provavelmente herbívoros. O fóssil descoberto em 2016 era de um macho da espécie e tinha idade avançada, os pesquisadores não conseguiram descobrir a causa da morte dele.

Extinção

O motivo da extinção dos unicórnios ainda era um mistério até pouco tempo, mas os pesquisadores continuaram estudando o caso na esperança de obter uma resposta que pode até mesmo ajudar a salvar algumas outras espécies de animais que correm risco de extinção. Depois de muitas pesquisas foi descoberto que os unicórnios siberianos foram extintos como consequência de um evento climático. Esse evento teria começado cerca de 200 mil anos atrás. Além disso, os pesquisadores do Museu de História Natural de Londres  revelaram que esses animais e seus parentes compartilhavam um ancestral em comum, uma espécie de rinoceronte.

Leia Também: 6 Pokémons Que Foram Baseados Em Seres Mitológicos E Lendas Folclóricas
Leia Também: Conheça 5 Criaturas Da Mitologia Eslava

Ao que tudo indicia, os unicórnios que “conhecemos” atualmente são uma reimaginação dos unicórnios siberianos, já que até certo ponto eles são parecidos. Esses animais foram extintos há mais de 40 mil anos, então tudo o que se sabe sobre eles é baseado em pesquisas, mas que possuem um nível de confiabilidade muito alto.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Gostou desse post? Comenta aqui em baixo e não esquece de compartilhar!

Leia Mais

Curiosidades

Chaves é sem dúvidas alguma um dos melhores seriados já exibidos na televisão. Criada por Roberto Bolãnos, a turma do Chaves foi exibida aqui...

Especial

Uma das grandes discussões presentes hoje no Brasil inclui a legalização de produtos CBD com fins medicinais. Felizmente, para quem aguardava ansiosamente, hoje temos...

Curiosidades

Você com certeza já deve ter assistido à algum jogo de futebol na vida, certo? Ok, então acho que você também reparou que quando...