Sabemos que existem diversos casos de sequestro espalhados pelo mundo, alguns deles acabam ficando tão famosos que ganham destaque internacional. Mas também sabemos que nem todos esses casos são solucionados e acabam se tornando verdadeiros mistérios.

O Alerta Amber se tornou famoso por ser um sistema de alerta de sequestro de crianças, mas você sabe como ele se originou? Existe uma triste história por trás dele e caso você ainda não conheça, é melhor se preparar, pois contaremos em detalhes agora mesmo.




Amber Hagerman

Amber Rene Hagerman nasceu no dia 25 de novembro de 1986 em Arlington, no Texas. A garota era filha de Donna Norris e Richard Hagerman que também tinham um filho mais novo chamado Ricky. No dia 13 de janeiro de 1996, Amber foi com sua mãe e seu irmão para a casa dos seus avôs maternos.  

Chegando lá, Amber e Ricky pegaram as suas bicicletas, como sempre faziam,e seguiram até o estacionamento abandonado do mercado Winn-Dixie Store, que ficava a poucas quadras da casa e era famoso por reunir muitas crianças da vizinhança.

Conheça a triste história por trás do Alerta Amber

O Desaparecimento

Aquele local sempre foi considerado como uma área de lazer, mas acabou se tornando famoso por um outro motivo. Bom, depois de brincar, Ricky ficou cansado da brincadeira e resolveu ir embora, mas Amber insistiu e acabou ficando mesmo sem o irmão. Quando Ricky chegou em casa e sua mãe viu que a Amber não estava com ele, ela pediu para que o garoto voltasse para buscar a sua irmã.




Chegando de volta ao estacionamento abandonado, Ricky se deu conta de que a sua irmã não estava mais lá, apenas a bicicleta dela. O garoto voltou correndo para a casa e avisou os pais e avôs de que Amber não estava mais lá, não demorou muito para que as pessoas se mobilizassem para procurar a Amber.

Conheça a triste história por trás do Alerta Amber

A  Testemunha

Jim Kevil, um vizinho do estacionamento abandonado afirmou que viu a Amber sendo sequestrada. Ele disse que a garotinha pedalava sozinha para cima e para baixo quando uma picape preta invadiu o estacionamento e de lá saiu um homem alto, por volta de 1,80m, branco e entre 25 a 40 anos de idade. O homem agarrou a garota, que começou a gritar e a chutá-lo, a carregou para dentro do veículo e saiu acelerando.

Ao todo a ação durou cerca de 2 minutos e logo em seguida o Jim ligou para a polícia, mas eles não chegaram a tempo suficiente para alcançar a picape, sendo assim, ficaram apenas investigando no local para ver se achavam alguma pista.

A Busca

Vários vizinhos se uniram à família da Amber para procurá-la e o caso dela foi oficialmente declarado como sequestro. O FBI foi acionado e a notícia foi espalhado por jornais e programas de televisão. Mais de 50 agentes federais estavam na rua em busca da garota.

No dia 17 de janeiro, 4 dias após o sumiço, o corpo da Amber foi encontrado por um homem que estava passeando com o seu cachorro perto  em um riacho atrás de um complexo de apartamentos. O local onde o corpo foi encontrado a cerca de oito quilômetros do local onde foi vista pela última vez.

Conheça a triste história por trás do Alerta Amber

Situação do Corpo

O corpo da Amber estava completamente despido e possuía apenas uma meia em um dos seus pés. Existiam sinais de violência sexual e  múltiplos hematomas e machucados pelo seu corpo. Além disso, existiam diversos cortes no seu pescoço e eles foram a causa da morte.

Segundo a perícia, a Amber ficou viva por mais dois dias após o seu sequestro. Como o seu corpo estava jogado na beira de um riacho, a água corrente somada com a tempestade que havia ocorrido nos últimos dias acabaram removendo qualquer prova que pudesse existir e levar até ao sequestrador.

O Alerta Amber

O caso da garota acabou ganhando destaque internacional, com isso,  uma mãe chamada Diana Simone, compadecida e revoltada com toda a tragédia, ligou para uma estação de rádio local do Texas e questionou o porquê o governo mandava tantos alertas meteorológicos, mas não notificava a população com o mesmo empenho quando uma criança havia sido sequestrada.

As palavras da Diana repercutiu pelos Estados Unidos e nove meses depois foi criado o Amber Alert, ou como também é conhecido, America’s Missing: Broadcast Emergency Response (Desaparecimento na América: Transmissão de Resposta de Emergência). O Amber Alert é distribuído através de todos os meios de comunicação, inclusive mensagens de texto e telões em rodovias, para que as pessoas possam contribuir na busca imediata.

Conheça a triste história por trás do Alerta Amber

Para se ter ideia, apenas nos Estados Unidos, até 2009, cerca de 900 crianças já haviam sido resgatadas graças ao Alerta Amber. Atualmente o alerta existe em diversos outros países e tem ajudado as famílias encontrarem mais rápido as suas crianças desaparecidas.

Cerca de 24 anos depois  da morte da Amber, o caso infelizmente permanece sem solução. Até hoje não existem suspeitos e nem sequer pistas que possa revelar quem foi o assassino da garotinha. 

Leia Também: Ota Benga: A triste história do pigmeu exibido em um zoológico
Leia Também: A triste verdadeira história de Mulan

Você conhecia essa história? Comenta aqui em baixo e não esquece de compartilhar esse post!