Curiosidades

Itens mais raros e caros do mundo

Itens mais raros e caros do mundo

Todos nós temos um item que queremos ou já quisemos muito comprar, certo? Existem milhares de lojas espalhadas pelo mundo, elas estão divididas nas mais variadas categorias, existem lojas de brinquedos, roupas, até mesmo de tecnologia, dentre tantas outras que acabam atraindo a atenção de nós quanto consumidores, ainda mais se o que queremos estiver com um ótimo preço.

Existem aqueles itens que queremos muito comprar, porém não conseguimos, por estar além do que podemos gastar, isso sempre acontece. Muitos itens são bem raros e pouquíssimas pessoas podem ter acesso a eles, tornando-os assim ainda mais cobiçados pelo grande público. Prepare-se, pois hoje iremos conhecer alguns dos itens mais raros e caros que estão espalhados pelo mundo.

Itens mais raros e caros do mundo

  • Ferrari – A Ferrari 250 GTO teve apenas 39 unidades produzidas no mundo todo, isso ocorreu entre os anos de 1962 e 1964. Um dos carros desse modelo havia sido projetado especialmente para o famoso automobilista britânico, Stirling Moss que nem chegou a usa-lo. O carro foi usado uma única vez, em 1962 durante uma competição e com isso se tornou um item de colecionador. Em 2012, um colecionador norte-americano comprou a Ferrari por “somente” US$ 35 milhões;
  • Livro – O Codex Leicester é uma compilação de textos e desenhos de Leonardo da Vinci que foram coletados entre os anos de 1508 e 1510, a obra possui 72 páginas e seu idioma original é o italiano. Em 1994, Bill Gates, o dono da Microsoft foi até a casa de leilões Christie’s, que é uma das empresas de arte mais importantes do mundo e acabou adquirindo o raro livro de Da Vinci por uma bagatela aproximada de US$ 31 milhões;

Itens mais raros e caros do mundo

HOMEM DE FERRO QUASE LEVOU A MARVEL A FALÊNCIA

  • Relógio – O “Breguet Grande Complication Marie-Antoinette Nº 60”, ou popularmente conhecido como “The Queen”,  é um relógio que começou a ser fabricado em 1782 pelo relojoeiro suíço Abraham-Louis Breguet, além de contar com todas as funções comuns de um relógio, esse modelo é completamente feito em ouro. O relógio teria sido encomendado por um amante da Rainha francesa, Maria Antonieta, porém ele só foi finalizado em 1827, quatro anos após o seu criador ter morrido. Como só uma unidade foi produzida, o relógio se tornou raro e bastante caro, sendo avaliado em US$ 30 milhões. O relógio se tornou parte da coleção do L.A. Mayer Intitute for Islamic Art de Jerusalém, porém acabou sendo roubado nos anos 80 e só foi recuperado em 2007;
  • Moeda – Todos nós sabemos que moedas antigas podem dar um bom dinheiro, caso sejam vendidas para colecionadores, certo? Em 1794 foi produzida a primeira moeda que serviu de exemplar para o dólar, nela podemos encontrar um busto que representa a liberdade, 8 estrelas do lado esquerdo e 7 estrelas do lado direito. Apesar de estar um pouco desgastada, a moeda que é bastante rara, foi leiloada em 2013 e um colecionador a levou por US$ 10 milhões;

Itens mais raros e caros do mundo

  • Selo – Em 2016, um selo ficou bastante conhecido no mundo inteiro, se tratava de um exemplar produzido na Guiana Inglesa por volta de 1856, nele podíamos encontrar a imagem de um navio de três mastros e o lema dos colonos britânicos “Nós damos e esperamos o retorno”. O selo media 2,5 x 3,8 centímetros e ficou conhecido como “A Mona Lisa dos selos”, por ser um item bastante raro e o último exemplar no mundo, o selo foi leiloado ainda em 2016 por US$ 9,5 milhões.

O que achou da matéria de hoje? Comenta aqui em baixo e não se esquece de compartilhar esse post!

Leia Também: