Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Conheça 6 erros que você pode estar cometendo ao fazer pizza em casa

Fazer pizza

A pizza é um dos pratos mais deliciosos e satisfatórios para fazer em casa. Embora seja mais fácil pedi-la pelos apps de comida, comer uma pizza fresca e feita do zero é muito mais gratificante. Coisas como sujar as mãos com um pouco de massa, fazer o seu próprio molho, escolher o queijo e adicionar recheios exclusivos tornam a experiência muito mais divertida. No entanto, a verdade é que você pode estar cometendo alguns erros na hora de fazer pizza em casa.

Embora fazer pizza seja um processo relativamente fácil, evitar alguns erros comuns pode aumentar suas chances de obter experiências ainda mais marcantes. Pensando nisso, nós do TriCurioso resolvemos elaborar para você uma pequena lista de dicas compartilhadas por grandes pizzaiolos para ajudá-lo a evitar os erros mais comuns que muita gente comete ao fazer pizza.

6. Não deixar a massa descansar por um tempo antes de esticá-la

O simples ato de não deixar a massa descansar por alguns minutos é um dos principais erros que muita gente comete na hora de fazer pizza. Em vez de sobrecarregar os músculos tentando esticar uma massa de pizza frígida e nada cooperativa, reserve-a por pelo menos uma hora antes de esticá-la. Esse tempo permite que a massa se aproxime da temperatura ambiente e deixe o fermento agir adequadamente, tornando-a mais macia e maleável.

Se você resolver usar uma massa comprada em supermercados ou tirar sua própria versão caseira que estava estocada na geladeira, provavelmente vai lidar com uma bola de massa fria e difícil de manipular com as mãos. Na prática, essa luta pode fazer com que você sobrecarregue a massa, o que pode contribuir para uma textura densa e desagradável.

Além disso, lembre-se de não deixar a massa muito fina na hora de esticá-la. Para suportar o peso do molho, queijo e coberturas adicionais, a massa da pizza precisa ser grossa e forte o suficiente. Para tal, estique e cutuque a massa conforme necessário, mas tome cuidado para não ir muito longe.

Propaganda. Role para continuar lendo.

5. Usar molhos prontos industrializados

Molho para fazer pizza

Supondo que você prefira fazer sua própria pizza para obter um sabor mais caseiro, por que você optaria por um molho comprado no supermercado? De certo modo, isso parece contra-intuitivo, não é mesmo? Na maioria das vezes, os molhos prontos que você encontra no supermercado também são ricos em sódio e açúcar, além de contarem com aditivos químicos nada saudáveis. Sendo assim, tente resistir à praticidade de usar molho de tomate industrializado e opte por fazer o seu próprio.

No geral, o processo para fazer o molho de pizza em casa é surpreendentemente fácil. Na prática, basta um simples processador de alimentos, tomates frescos e algumas poucas ervas para você preparar um molho caseiro digno de aplausos.

4. Exagerar na cobertura da pizza

Embora possa parecer interessante adicionar muitas coberturas criativas à sua pizza, fazer isso exageradamente pode transformar o produto final em uma bagunça de sabores contrastantes. De certo modo, a ideia do “quanto mais, melhor” não se aplica ao mundo da pizza. Em outras palavras, não seja vítima da tentação rechear excessivamente sua pizza.

Para obter um resultado mais favorável, pense no equilíbrio de sabores que você deseja na hora de fazer pizza caseira. Uma carne salgada curada, como o presunto, pode combinar bem com um simples punhado de azeitonas saborosas. No geral, o ideal é sempre manter o simples e não incluir mais que três ou quatro coberturas.

3. Não cozinhar previamente ingredientes específicos

Ingredientes para fazer pizza

Existem muitas ingredientes para coberturas de pizza de cozimento rápido que exigem poucos cuidados. Basicamente, basta picá-los, jogá-los sobre a massa e colocar tudo no forno. Geralmente, estes alimentos incluem carnes curadas, cogumelos e similares. No entanto, tenha cuidado com as coberturas que precisam ser cozidas antes de fazer pizza.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Coberturas vegetarianas mais comuns, como couve-flor ou brócolis, precisam de mais tempo para cozinhar do que o tempo necessário para assar uma pizza. Da mesma forma, linguiça crua e outras carnes podem exigir tempos de cozimento e fritura mais longos. Como tal, refogue os legumes ou doure as carnes antes de adicioná-los à sua pizza. No fim, isso vai garantir um ótimo resultado.

2. Assar a pizza em um forno que não está quente o suficiente

Embora você provavelmente não tenha acesso a um forno a lenha quente como o inferno em sua própria casa, você pode obter resultados incríveis com o forno de cozinha convencional, desde que ele esteja devidamente aquecido. Um assamento lento e constante pode ser o ideal para alguns alimentos, mas a pizza definitivamente não é um deles.

É exatamente por conta disso que recomenda-se aquecer o forno na temperatura mais alta disponível. Geralmente, essa temperatura fica na casa dos 280 graus Celsius na maioria dos fornos domésticos. Assar sua pizza em temperatura alta e por um período mais curto ajuda a evitar ter que enfrentar crostas moles, coberturas queimadas e sentimentos tristes. Em suma, só asse a pizza em temperatura realmente alta!

1. Retirar a pizza do forno cedo demais

Qualquer ser humano tem o desejo instintivo de querer remover a pizza do forno assim que o seu cheiro começa a se proliferar na cozinha. De certo modo, qualquer pizza quente evoca esse tipo de sensação. Porém, tente não retirá-la do forno prematuramente. Basicamente, se você retirá-la do forno cedo demais, ela pode não estar tão cozida quanto você pensa.

Embora o queijo já possa estar derretido e as coberturas parecerem cozidas, a massa por baixo pode não estar totalmente pronta. De fato, morder uma massa crua é uma coisa bastante frustrante. Desse modo, para garantir que você tenha uma pizza perfeitamente pronta em mãos, deixe-a no forno por até 5 minutos a mais do que você acha necessário. Geralmente, as coisas boas da vida sempre são um tanto demoradas, certo?

Propaganda. Role para continuar lendo.

Ainda assim, até mesmo uma “pizza ruim” ainda pode ter um gosto ótimo. Então, de qualquer forma, mesmo se der tudo errado, você ainda poderá ter um sucesso relativo!

Leia também: Se as pizzas são redondas, por que elas vêm em caixas quadradas?
Leia também: Qual é o sabor de pizzas mais pedido do Brasil?

E você, costuma fazer pizza em casa? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Propaganda

Leia Mais

Curiosidades

Todo mundo já deve ter ouvido falar do Chroma Key, aquele fundo verde que geralmente é usado para adicionar efeitos especiais nos filmes de...

Curiosidades

Se você está por dentro das noticias, com certeza deve ter visto que a banda One Direction completou 10 anos recentemente, levando milhares de...