Curiosidades

Por que as bolachas de água e sal têm furos?

Por que as bolachas de água e sal têm furos?

As bolachas de água e sal, diferente do que o seu nome sugere, podem ser feitas de vários tipos de ingredientes diferentes, o que também inclui a utilização de uma grande variedade de temperos que ajudam a conquistar o paladar de pessoas com gostos bem variados. No entanto, existe uma característica em comum que praticamente todas elas compartilham: os furos. Mas afinal para que eles servem? Seria essa uma simples questão estética ou esses pequenos buracos servem a um propósito especial?

Surpreendentemente, os furos das bolachas de água e sal estão lá por um uma questão de praticidade durante o processo de fabricação do alimento. De fato, sem a presença desses furos, as bolachas não seriam assadas de uma maneira adequada. Isso acontece porque esses pequenos buracos permitem que o vapor (dióxido de carbono) escape livremente durante o processo de assamento. Dessa forma, as bolachas tendem a se manter “achatadas”, em vez de se elevar gradualmente enquanto o vapor tenta escapar, um fenômeno que acontece com praticamente todos os alimentos que são produzidos com massas de farinha de trigo.

O processo de fabricação das bolachas de água e sal é relativamente simples. Quando elas são moldadas (geralmente em forma de quadrados ou círculos), os pedaços de massa são enrolados em folhas. Essas folhas, em seguida, viajam sob um mecanismo contendo pinos que são os responsáveis pela produção dos furos na massa. O posicionamento e número de furos varia dependendo do tamanho e do formato da bolacha, sendo que muitas vezes eles até se tornam uma característica notável do fabricante.

HOMEM DE FERRO QUASE LEVOU A MARVEL A FALÊNCIA

Vale lembrar que o posicionamento dos furos também exerce um papel importante na consistência final das bolachas  de água e sal. Se estiverem muito próximos, a bolacha ficará mais seca e mais dura, devido ao excesso dp fluxo de saída do vapor. Se os furos ficarem muito distantes, partes da bolacha deverão inchar e estourar, formando pequenas bolhas na superfície da bolacha, o que no final das contas pode ser um tanto indesejável para a maioria das bolachas mais populares.

Muito interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: