Curiosidades, História

Os 10 criminosos mais icônicos do Velho Oeste

Os 10 criminosos mais icônicos do Velho Oeste

Imortalizado em vários filmes, músicas e até mesmo em videogames, o Velho Oeste americano tornou-se famoso por seus caubóis, pistoleiros e bandidos. Embora os fora da lei mais notórios do Velho Oeste fossem considerados inimigos do estado, hoje em dia eles são frequentemente mencionados como heróis e protagonistas de várias histórias.

Pensando nisso, nós do TriCurioso resolvemos listar os criminosos mais icônicos de Oeste Selvagem. Independentemente do que o público em geral pensa sobre eles, o fato é que esses são definitivamente os bandidos mais notórios do Velho Oeste. Confira!

10. James Miller

Conhecido popularmente como “Diácono Jim”, pois frequentava regularmente a igreja metodista e não fumava ou bebia, James Miller também ganhou notoriedade por ser um assassino assassino de aluguel, cuja taxa de serviço variava entre US $ 150 e US $ 2000. Ele geralmente emboscava suas vítimas à noite usando um casaco preto, para não ser facilmente detectado. Acredita-se que ele matou cerca de 12 pessoas durante tiroteios, mas acabou sendo linchado por uma multidão raivosa quando matou um ex-vice-marechal dos EUA.

9. Pearl Hart

Pearl Hart foi uma fora da lei norte-americana, nascida no Canadá, que ficou famosa por conta de roubos de carruagens. Ela se envolveu com más companhias depois que o seu marido abusivo a deixou para lutar na guerra hispano-americana. Certa vez, ela e Joe Boot, um apostador, planejaram um assalto para que ela pudesse retornar à casa de sua mãe, que estava doente no Canadá. No entanto, eles foram capturados e presos. Ela serviu dois anos em uma prisão masculina, chegando a ser perdoada pelo governador quando este soube que ela estava grávida.

8. The Sundance Kid

Também conhecido como Harry Alonzo Longabaugh, “The Sundance Kid” era um fora da lei e membro da gangue Wild Bunch de Butch Cassidy, que ficou conhecida pelas sequências mais longas de roubos de trem e bancos bem-sucedidos da história. Ele recebeu esse apelido quando foi pego e condenado por roubo de cavalos em Sundance, Wyoming. Acredita-se que The Sundance Kid foi morto em um tiroteio na Bolívia, embora seus familiares tenham refutado tal hipótese desde o seu sumiço.

7. John Wesley Hardin

John Wesley Hardin tinha apenas 14 anos quando cometeu o seu primeiro crime. Na ocasião, ele esfaqueou um garoto que o incomodava. Ele passou a maior parte de sua vida sendo perseguido pelos homens da lei até ser capturado em 1878. Esse bandido e pistoleiro americano alegou ter matado 42 homens, embora os jornais tenham atribuído a ele “apenas” 27 assassinatos. Hardin chegou a escrever uma autobiografia e estudar direito enquanto estava na prisão, mas foi morto a tiros um ano depois de ter sido libertado em 1894.

6. Butch Cassidy

Nascido Robert Leroy Parker, Butch Cassidy era o líder da gangue Wild Bunch e ficou famoso por roubar trens, comboios e bancos no Velho Oeste. Seu sobrenome, Cassidy, era uma homenagem ao seu amigo e mentor Mike Cassidy, que o ensinou a atirar. A morte de Butch Cassidy é motivo de controvérsias por parte dos historiadores, existindo várias versões. A hipótese mais aceita diz que, em 1908, próximo a San Vicente, na Bolívia, o seu bando foi dizimado por soldados bolivianos com rajadas de metralhadora.

5. Wild Bill Hickok

Nascido como James Butler Hickok em Troy Grove, Illinois, no dia 27 de maio de 1837, Wild Bill Hickok é considerado por muitos uma das figuras mais lendárias do Velho Oeste. Hickok chegou a lutar no exército da União durante a Guerra Civil Americana e ficou conhecido por se envolver em muitos tiroteios relacionados a roubos e disputas de terras. Hickok morreu em 2 de agosto de 1876 com um tiro na cabeça de um revólver calibre 45 enquanto jogava cartas em um saloon.

4. Belle Starr

A “Rainha Bandida” nasceu com o nome Myra Maybelle Shirley Reed Starr, antes de se tornar uma notória criminosa. Curiosamente, ela viveu uma vida de menina rica e mimada nos seus primeiros anos, tendo sido criada por uma família abastada. No entanto, sua vida mudou quando eclodiu a Guerra entre Kansas e Missouri, o que fez com que moradores locais fossem forçados a abandonar as suas vidas normais. Seu casamento com o bandido Jim Reed também a transformou em uma criminosa notória, cuja vida foi imortalizada na literatura nacional.

3. Apache Kid

Haskay-bay-nay-ntayl ou “o homem alto destinado a chegar a um fim misterioso”, era mais conhecido simplesmente como Apache Kid, que se dizia ter sido o Apache mais feroz ao lado de Geronimo, líder dos Bedonkohe. Um notório fora da lei do final do século 19 no Arizona e no Novo México, Apache Kid foi recrutado pela primeira vez como um escoteiro Apache para combater os numerosos ataques dos primeiros colonos antes de ele se tornar um renegado. O personagem Apache Kid dos quadrinhos da Marvel recebeu o nome por causa desse fora da lei, embora suas histórias não estejam relacionadas.

2. Jesse James

Jesse Woodson James já era uma verdadeira celebridade quando estava vivo, mas esse fora da lei se tornou ainda mais icônico após a sua morte. Um dos membros mais notáveis da gangue James-Younger, ele se tornou um criminoso famoso por roubar bancos, carruagens e trens. Ele morreu quando foi atingido na nuca em 3 de abril de 1882 em sua própria casa por seu amigo de confiança, Robert Ford, que esperava receber o dinheiro de uma recompensa.

1. Billy the Kid

Também conhecido como William H. Bonney ou Henry Antrim, Billy the Kid é provavelmente o mais lendário fora da lei do Velho Oeste americano, cuja vida se tornou sensacionalizada em filmes, músicas e livros. Ele se tornou famoso por supostamente matar 21 pessoas em toda a sua vida, embora evidências factuais sugiram que ele matou “apenas” 4 pessoas. Embora ele fosse descrito como um assassino de sangue frio, aqueles que o conheciam acreditavam que ele se tornara um fora da lei por necessidade, dada a sua deplorável situação financeira.

E você, já tinha ouvido falar em algum dos fora da lei listados aqui? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: