Curiosidades, Saúde

Por que as pessoas roncam?

Passei toda a vida ouvindo minha mãe reclamar do ronco do meu pai. Tendo essa lembrança fiquei curiosa, afinal… Por que as pessoas roncam?

O ronco pode até parecer brincadeira ou ser motivo de piadas entre casais, porém é um sintoma sério e pode ser um sinal de problemas de saúde graves.

O que é Ronco?

O ronco é produto do tônus muscular da faringe que decresce e causa o bloqueio do chamado espaço faríngeo, é por este espaço que passa o ar que respiramos. Logo, com este espaço bloqueado, a quantia de ar necessária para que a inspiração ocorra normalmente ocorre de forma mais veloz, assim causando oscilação em nossos tecidos moles – como a lingua. Todo esse processo produz um som muito característico ao qual chamamos de ronco.

Ronco ou Apneia?

Existe uma diferença entre o ronco e a Apneia Obstrutiva do Sono, também conhecida como AOS. A segunda é um tipo de distúrbio do sono onde ocorre a interrupção da respiração atraés do fechamento da passagem do ar na garganta. Este fenômeno ocorre por diversos segundos e só é revertido quando o organismo exerce um reflexo que abre as passagens de ar novamente, assim acordando a pessoa. Este processo de dorme e acorda pode acontecer até 300 vezes em uma única noite e pode causar sérios problemas cardíacos. Por isso, cuidado.

O ronco causa sintomas?

Sim e é muito importante observa-los justamente para diferenciar o ronco da AOS. Veja quais são eles:

  • Sentir cansaço e dores de cabeça após uma noite longa de sono
  • Dificuldade de concentração ao longo do dia
  • Acordar no meio da noite e sentir falta de ar
  • Perceber diminuição no comportamento psicomotor e dificuldades na atividade sexual.

Na dúvida, busque um especialista que possa diagnosticar seu problema e auxiliar a enfrenta-lo!

Como faço para evitar o ronco?

Existem alguns truques e macetes que podem ajudar a evitar o tão sonoro incômodo. Veja alguns deles:

  • Faça atividades físicas e mantenha sua mente ativa também;
  • Não tome álcool, café, chás e refrigerantes próximos a hora de dormir;
  • Tenha uma rotina de sono precisa;
  • Só deite quando for dormir;
  • Não durma durante o dia;
  • Não durma preocupado;
  • Não utilize medicamentos sem prescrição médica;
  • Jante de forma moderada;
  • Durma em um local escuro e tranquilo, confortável e sem ruídos.

Gostou das dicas? Já tinha essas informações? Comente!

Você também pode gostar de