Curiosidades

Se existe a Nova Zelândia, onde fica a ‘velha’?

A Nova Zelândia é um país que chama a atenção por diversos motivos. Além de ser um dos países mais desenvolvidos e seguros para se viver, essa nação apresenta paisagens naturais deslumbrantes, muitas das quais se beneficiam do fato do país ficar em uma região bastante isolada com relação aos outros países. Mas o que costuma deixar muita gente com um ponto de interrogação é o seu nome extremamente peculiar. Afinal, se existe a Nova Zelândia, onde é que fica a “velha”?

Tudo começou há mais de 300 anos atrás. O primeiro explorador europeu a desembarcar no que hoje é conhecido como Nova Zelândia foi um holandês chamado Abel Tasman, que estava a serviço da Companhia Holandesa das Índias Orientais. No entanto, quando ele chegou por lá em meados de 1640, Tasman pensou que havia desembarcado em uma parte da que hoje é conhecida como “Isla de los Estados” (“Stateneiland” em holandês) que é uma ilha que fica na ponta inferior da Argentina. Tasman a nomeou assim meio que às pressas, já que tinha feito uma longa viagem e havia se envolvido em um combate com os nativos da região.

Selo comemorativo da chegada de Abel Tasman na Nova Zelândia.

Logo depois, os cartógrafos holandeses Hendrik Brouwer e Joan Blaeu inspecionaram melhor o local e descobriram que essas grandes ilhas não faziam parte da América do Sul, mas sim da Oceania. Joan Blaeu, então, resolveu trocar o nome da área para “Nieuw Zeeland” (“Nova Zelândia” em português), em homenagem a uma província holandesa. A tal “província da Zelândia” também era composta por ilhas e seu nome significa literalmente “ilhas no mar” em holandês. Ou seja, o nome “Nova Zelândia” seria uma forma de dizer “novas ilhas no mar”.

Posteriormente, o inglês James Cook fez três viagens a Nieuw Zeeland na década de 1770. O objetivo de sua viagem original era outro, mas Cook e sua tripulação se perderam e acabaram em Nieuw Zeeland, que ainda era relativamente pouco explorada pelos ocidentais desde a viagem original de Tasman. Com a colonização inglesa na região, o nome deixou de ter a escrita holandesa de “Nieuw Zeeland” para a escrita inglesa “New Zealand”, que até hoje permanece como o nome oficial do país.

Ou seja, da próxima vez que você ver o nome “Nova Zelândia” por aí, saiba que a “Zelândia original” que deu nome ao país da Oceania é na verdade uma província holandesa.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: