Curiosidades, História

Quem foi Leonardo da Vinci?

O que vem à sua mente quando você ouve o nome Leonardo? Se você pensar no cantor, é porque muito provavelmente você é um apreciador da música sertaneja, mas se você pensar em uma tartaruga ninja com uma máscara azul, você definitivamente teve uma infância divertida. E por falar na tartaruga ninja, você sabia que esse personagem foi inspirado no artista renascentista Leonardo da Vinci? Mas afinal, quem foi essa pessoa? E quais foram as suas contribuições para o mundo das artes?

Leonardo di Ser Piero da Vinci nasceu em 1452 na comuna de Vinci, na região da Toscana, na Itália. Ele viveu uma vida muito humilde em seus primeiros anos, recebendo pouca educação formal além das noções básicas de leitura, escrita e matemática. Porém, desde o início ficou claro que Leonardo possuía um talento artístico acima da média. Quando ele tinha apenas 14 anos, Leonardo da Vinci iniciou um aprendizado com o famoso artista Andrea del Verrocchio, em Florença. Sua educação nas artes incluiu a iniciação em pintura, desenho, escultura, carpintaria e metalurgia.

Mona Lisa em exposição no Louvre.

Ao longo da história, Leonardo da Vinci foi considerado um dos maiores pintores de todos os tempos. Sua obra mais famosa, a “Mona Lisa”, está exposta no Museu do Louvre, em Paris, e é considerada por muitos a mais famosa e valiosa pintura do mundo. Leonardo também é conhecido por ter pintado “A Última Ceia”, que é a pintura religiosa mais reproduzida de todos os tempos. Seu desenho chamado “Homem Vitruviano” também se tornou um ícone cultural mundial, aparecendo em vários os tipos de itens, incluindo roupas, livros e até mesmo moedas.

Apesar de sua grande fama como pintor, apenas 15 das suas pinturas sobreviveram até os dias de hoje. Ele deixou para trás muitos cadernos cheios de desenhos e pensamentos sobre o mundo da pintura. Hoje, o legado duradouro de Leonardo no mundo da arte é tão grande que costuma ser rivalizado apenas por seu colega renascentista italiano, Michelangelo. No entanto, vale destacar que Leonardo da Vinci também é lembrado muito mais do que apenas um pintor. Ele é considerado um polímata, que é uma pessoa considerada especialista em muitos campos diferentes. Esse termo é frequentemente usado para descrever os grandes pensadores do Renascentismo, que eram especialistas em ciência e artes.

A Última Ceia.

Além das artes, Leonardo era considerado um visionário de múltiplos talentos, cujos interesses incluíam arquitetura, engenharia, matemática, hidráulica, aeronáutica, física, música, literatura, escrita, cartografia, astronomia, geologia, anatomia, zoologia e botânica. Ele acreditava que a ciência e a arte estavam interligadas de tal forma que o estudo das leis da ciência e da natureza influenciava beneficamente o seu trabalho como artista. Curiosamente, Leonardo também foi engenheiro militar e inventor. Embora suas ideias não tenham se concretizado durante o seu período de vida, da Vinci chegou a produzir esboços de máquinas e dispositivos que um dia se tornariam o paraquedas, a bicicleta e o helicóptero. Para se ter uma ideia, ele até desenhou uma máquina voadora primitiva baseada na fisiologia de um morcego!

Hoje, Leonardo da Vinci ainda é considerado uma das pessoas mais talentosas da história. Os estudiosos acreditam que sua incrível inteligência era fruto de uma curiosidade sem limites e de uma imaginação inigualável. Leonardo faleceu no dia 2 de maio de 1519, em Amboise, na França, vítima de um derrame cerebral.

Uma mente brilhante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de