Curiosidades

Como as praias se formam?

Como as praias se formam?

Seja para tomar um banho de sol, jogar futevôlei com os amigos ou simplesmente para relaxar depois de uma semana estressante, a praia é certamente um dos lugares mais descontraídos para nos divertir com amigos e familiares. Mas apesar das praias fazerem parte da nossa vida cotidiana, pouca gente sabe como elas se formam. Por isso, ao longo desse post vamos explorar o processo de formação das praias e a combinação de fatores que leva ao seu surgimento.

Tudo começa com as rochas e recifes de corais localizados na costa marítima que passam o tempo todo sofrendo desgastes por conta do movimento das ondas. À medida que esses materiais são desgastados, eles se transformam em pequenas partículas de sedimentos que são carregados pelas ondas do mar em um estado de suspensão. Curiosamente, essas partículas suspensas causam o aumento da capacidade erosiva da água em movimento, resultando em maiores quantidades de partículas erodidas conforme a água se desloca. Conforme os sedimentos desgastados vão se acumulando, todo esse montante acaba resultando na grande quantidade de areia fina que dá origem às praias.

Além disso, peixes e outros animais marinhos também podem contribuir para a velocidade da erosão em alguns casos. Esse fenômeno é particularmente observado em praias que ficam localizadas perto de recifes de corais. Muitos desses animais dependem de algas que crescem nos corais como um importante suplemento dietético. Desse modo, enquanto essas criaturas comem as algas, elas sem querer fazem com que os corais se quebre em pequenos pedaços, que iniciarão todo o processo de formação da areia da praia. De fato, alguns desses pedaços podem até mesmo percorrer o trato digestivo desses animais, resultando em partículas ainda menores que são arrastadas pelas ondas para a costa.

Vale destacar que o tipo de onda que atinge o litoral também pode desempenhar um papel importante na formação das praias. Algumas ondas carregam sedimentos mais concentrados que consequentemente podem resultar em praias mais firmes e menos sujeitas aos efeitos de erosões futuras, por exemplo.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: