Curiosidades

Por que a grama é verde?

Por que a grama é verde?

Seja no quintal da nossa casa ou até mesmo nos campos de futebol, a grama consegue dar um visual muito mais “natural” a vários tipos de ambientes. Um fator que contribui bastante para essa sensação de “estar na natureza” é a cor verde da grama, que consegue apresentar tonalidades bem vivas. Mas afinal, por que ela é verde?

Assim como muitas plantas, a maioria das espécies de grama contém um pigmento especial chamado “clorofila”, que é o responsável por lhe conferir a cor verde. A clorofila é usada durante a fotossíntese, que é um processo que ocorre quando a planta usa a luz solar para transformar dióxido de carbono e água em açúcar. Ao contrário dos animais, que têm que caçar seus alimentos, as plantas podem criar seus próprios alimentos usando a luz solar através desse processo. É exatamente por isso que se você remover a maioria das plantas da luz do sol, elas muito provavelmente não poderão produzir alimentos e eventualmente morrerão.

No entanto, você pode estar agora se perguntando: “tá, mas o que torna a clorofila verde?” Bem, todo objeto na Terra tem o seu próprio espectro de cores. Por exemplo, a luz do sol parece ser branca ou levemente amarelada, mas na verdade ela é composta de um espectro completo de cores que inclui vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. Só que, quando a luz branca atinge um objeto, esse objeto em questão absorve algumas cores e reflete outras. Desse modo, quando olhamos para um objeto, a cor que vemos é a cor que o objeto reflete. Da mesma forma, a clorofila apresenta a cor verde porque ela absorve todos os comprimentos de onda da luz branca, exceto o verde. Consequentemente, quando o comprimento de onda verde atinge nossos olhos, vemos a grama verdinha como estamos acostumados.

Vale destacar que a compreensão total da clorofila é algo relativamente recente na história da ciência. Ela foi isolada pela primeira vez e nomeada por Joseph Bienaimé Caventou e Pierre Joseph Pelletier em 1817. A presença de magnésio na clorofila só foi descoberta em 1906, sendo a primeira vez em que o magnésio foi detectado em tecidos vivos. Após o trabalho inicial feito pelo químico alemão Richard Willstätter de 1905 a 1915, a estrutura geral da clorofila foi totalmente elucidada por Hans Fischer em 1940.

Sabia dessa? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: