Curiosidades

Conheça o Lago Natron e suas águas avermelhadas!

Os lagos são sempre bem vistos quando são bem preservados, alguns tem uma beleza única que é um verdadeiro convite à visita. Há alguns dias vimos aqui 5 dos lugares mais perigosos do mundo e entre eles estava o lago Natron, então hoje vamos conhecer um pouco mais sobre esse lago e alguns segredos que o cercam, inclusive o seu segredo mortal.

O lago fica na Tânzania, possui águas vermelhas e salgadas, além de ter o pH elevado que fica entre 9 e 10.5. Ele fica perto de formações vulcânicas e por isso possui uma alta concentração de natrão e de outros minerais. Algumas partes do lago pode chegar a uma temperatura de até 60º C. Nas épocas de seca as águas evaporam e o lago diminui de tamanho. Devido à alta acidez, apenas um ser vivo consegue sobreviver por lá, que é o peixe Alcolapia alcalica , um tipo de tilápia adaptada, além dos flamingos-pequenos que se reproduzem por perto, mas não vivem muito tempo perto. O lago possui uma característica bastante peculiar, muitos acreditam que os animais que caem ou tomam banho nele acabam virando estátuas, mas não é bem assim que acontece.

Devido o pH elevado, as espécies que não estão adaptadas a viverem por lá acabam tendo seus olhos e pele queimados. Animais que entram em contato com a água, algum tempo depois sofrem um processo de mumificação. A alta alcalinidade das águas do Natron começam a destruir os tecidos moles dos animais, assim, apenas os tecidos duros permanecem, fazendo com que quem entra em contato vire uma verdadeira estátua. O fotógrafo inglês Nick Brandt foi até o lago e registrou alguns animais petrificados que encontrou por lá. Nicka diz que encontrou todo tipo de pássaros e morcegos ao redor do Natron.

A cor avermelhada do lago natron é causada pelo pigmento de uma grande quantidade de cianobactérias que também são responsáveis pela coloração dos flamingos que dão um pulinho no lago, se queimam e se alimentam dessas bactérias e dos peixes. As águas do natron são conhecidas pelos humanos a muito tempo, elas chegaram a ser usadas pelos egípcios no processo de mumificação dos Faraós. Quem visita o lago não pode passar muito tempo por perto e tem que manter uma certa distância, porque como já dito aqui no site, ele é considerado um dos lugares mais perigosos do mundo, então é bom ficar atento.

Gostou de saber um pouco mais sobre o lago? Compartilha e comenta esse post!

Leia Também: