Curiosidades

A história por trás da Árvore de Natal da Trafalgar Square

A Trafagal Square é uma conhecida praça de Londres na qual todo turista precisa passar, principalmente durante a época de Natal para ver a imponente árvore que lá é colocada. Entretanto, você conhece essa história?

A Trafalgar Square é uma praça que fica na cidade de Westminster, Londres, que foi construída ao redor do que antes era a Charing Cross. Seu nome deriva da famosa Batalha de Trafalgar onde houve a vitoria naval britânica durante as Guerras Napoleônicas com França e Espanha que aconteceu em 21 de outubro de 1805 no largo da costa do Cabo Trafalgar.

A árvore

A tradicional Árvore de Natal de Trafalgar Square é sempre um abeto norueguês de 50 ou 60 anos de idade com mais de 20 metros de altura. Ela é costumeiramente cortada na Noruega durante o mês de novembro em uma cerimônia acompanhada pelo embaixador britânico da Noruega, prefeito de Oslo e prefeito de Westminster. Após cortada, a árvore é levada para o Reino Unido por via mar. Ao chegar, ela é decorada ao famoso estilo tradicional norueguês com 500 luzes brancas. Em sua base sempre é colocada a placa “Esta árvore é dada pela cidade de Oslo como um sinal de gratidão norueguesa ao povo de Londres por sua assistência durante os anos 1940-45. Uma árvore é dada anualmente desde 1946.”

Presente norueguês

Desde 1947 a Noruega utiliza-se do Natal para agradecer o povo da Grã-Bretanha pela grande ajuda durante a Segunda Guerra Mundial. A árvore é dada pela cidade de Oslo e é tradicionalmente o foco de todas as comemorações natalinas que incluem canções tradicionais da Trafalgar Square, nesta época é arrecadado dinheiro para organizações voluntárias ou de caridade. O símbolo do natal fica disponível até pouco antes da décima segunda noite de Natal quando é retirada e colocada na reciclagem. Seu tronco é lascado para compor cobertura morta.

Luzes e decoração

Para iluminar toda esta árvore, são utilizadas 500 luzes que são acendidas em uma cerimônia de iluminação que acontece sempre na primeira quinta-feira de dezembro, sendo frequentada anualmente por milhares de pessoas. Toda a cerimônia é tradicionalmente liderada pelo Lord Mayor de Westminster, incluindo coro, banda e finalmente a ativação das luzes de Natal. Tudo é acompanhado por canções de Natal típicas da praça e para muitos londrinos, Natal não é Natal sem todo este rito. Vale ressaltar que a ligação das luzes e toda a cerimônia ocorre todos os dias até chegar a data da reciclagem da árvore.

Abandono

Em 1980 a prefeitura de Westminster estudou abandonar a cerimônia devido ao alto custo para sua execução. Segundo o prefeito na época, caso cancelada haveria uma economia de 5 mil libras! Entretanto, a ação foi revertida devido a grande importância que a população dá a todo este rito.

Gostou da curiosidade? Comente!

Leia Também: