Curiosidades, Entretenimento, Notícias

New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

Em 1895 foi exibido “La Sortie de l’usine Lumière à Lyon”, o primeiro filme da história, de lá pra cá a indústria cinematográfica cresceu impressionantemente e se tornou uma das mais lucrativas do mundo, isso por ter conseguido cativar diversas pessoas ao longo de todo esse tempo.

É quase impossível encontrar alguém hoje que não goste de um bom filme, afinal de contas, existe de vários gêneros, para todos os gostos. A New York Times divulgou nessa semana uma lista com os 10 filmes mais influentes da década e falaremos sobre agora mesmo.

New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

Importância dos Filmes

Sabemos que quando um filme é produzido, o pessoal envolvido no projeto espera que ele tenha uma boa desenvoltura no cinema e faça uma ótima bilheteria, porém os filmes não são lançados apenas pensando em enriquecer as produtoras.

Os longas conseguem influenciar as pessoas com suas abordagens reflexivas e também com suas críticas que são bem variadas. Uma prova disso, é que quando foi lançado em 2016, o filme “Como Eu Era Antes de Você” gerou vários debates sobre a questão da eutanásia. Por mais que algum filme seja visto como polêmico, é importante focar na parte reflexiva.

New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

Muitos dos filmes acabam também servindo como uma ponte para conhecermos novas coisas, como culturas, políticas de outros países e até mesmo questões sociais.

Filmes Mais Influentes da Década

No início desta semana o New York Times divulgou uma lista contando com os 10 filmes mais influentes da década (segundo eles), vamos conhecer agora esses filmes e uma breve explicação do próprio jornal sobre o motivo pela qual eles foram escolhidos.

  1. Sniper Americano – O drama de Clint Eastwood sobre a vida e a morte do franco-atirador do Navy SEAL, Chris Kyle, lançado no Natal de 2014, terminou no topo das bilheterias domésticas daquele ano. Foi o único lançamento da década a conseguir isso sem fazer parte de uma franquia, propriedade da Disney ou ambas. Um testemunho do domínio de Eastwood, a popularidade do filme desafiou a ficção de uma Hollywood monoliticamente liberal, ao mesmo tempo em que revelou a polarização do público americano. Com sua bandeira pró-militar e pró-arma agitando – e protagonista de guerreiro caído – “Sniper Americano” mostrou para que lado os ventos políticos estavam uivando;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  2. Os Vingadores – Sequências não eram algo novo, nem eram os longos, caóticos e barulhentos espetáculos de super-heróis quando este grande monstro aterrissou. Mas Vingadores, lançado após a aquisição da Marvel Studios pela Disney, foi, no entanto, um grande estrondo na indústria: anunciando o domínio do Universo Cinematográfico da Marvel, onde todos vivemos agora, gostemos ou não;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  3. Blackfish – Muitos documentários que visam conscientizar sobre um problema no mundo pregam para uma audiência esclarecida. A produção de Gabriela Cowperthwaite sobre o abuso de baleias orca no SeaWorld mudou a percepção do público, o comportamento corporativo e a lei;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  4. Missão Madrinha de Casamento – A imagem chocante da noiva de Maya Rudolph sujando seu vestido de noiva deixou claro que a comédia do diretor Paul Feig (escrita por sua estrela, Kristen Wiig e Annie Mumolo) não era apenas mais um filme de casamento feliz. A angústia intestinal vista em todo o mundo ajudou a demolir o clichê sexista de que as mulheres não podem ser engraçadas. Sim, elas podem até fazer as contas bancárias rirem. Basta perguntar a Melissa McCarthy, que se tornou uma das poucas estrelas de cinema genuínas da década;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  5. Frozen – Quando Elsa cantou “Let It Go” na animação da Disney, ela não apenas reivindicou seu poder, mas anunciou o poder do público feminino do cinema, que é por si só uma das maiores histórias da indústria na década. Esse público ajudou a tornar Frozen uma das animações de maior bilheteria da história, revivendo e revisando a tradição de contos de fadas da Disney para uma nova geração;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  6. Corra! – A loucura de arte de Jordan Peele (e sucesso de bilheteria) é um brilhante mash-up de gênero – o exemplo supremo de uma nova onda no cinema de terror -, bem como uma repreensão feroz ao mito (branco) que a era Obama havia introduzido nos Estados Unidos pós-racial. Estreando logo após a posse de Donald J. Trump, parecia um sinal preocupante dos tempos, uma mistura de sátira e horror tão hábil que era difícil dizer qual era qual;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  7. Jogos Vorazes: Em Chamas – A segunda parte da franquia baseada nos livros de Suzanne Collins cimentou o status de Jennifer Lawrence como uma estrela de cinema global e (como Frozen, outro sucesso daquele ano) reconfirmou o poder das mulheres nas bilheterias. Em Chamas também se tornou o primeiro filme protagonizado por mulheres a liderar as bilheterias domésticas anuais em muito, muito tempo. Popular entre meninos e meninas, Katniss Everdeen era um novo tipo de arquétipo da cultura pop, uma rebelde e uma guerreira, e não uma princesa;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  8. Moonlight – No 89º Oscar, Moonlight, de Barry Jenkins, fez história no Oscar: entre seus vários ‘primeiros’, o filme – um projeto altamente pessoal e de baixo orçamento, influenciado pelo cinema de arte europeu e asiático – foi o primeiro vencedor de melhor filme de um cineasta afro-americano. Seu triunfo sinalizou uma mudança na indústria após décadas de racismo sistêmico;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  9. Okja – O filme de Bong Joon Ho sobre uma garota e seu super porco geneticamente modificado foi o lançamento da Netflix que abalou a indústria, obscurecendo ainda mais a divisão entre telas grandes e pequenas. Sua estreia no Festival de Cinema de Cannes de 2017 desencadeou um debate sobre o lugar da Netflix no cinema que continua em fúria. A posição cinematográfica de Bong, por outro lado, só se tornou mais incontestável. Dois anos depois, ele voltou a Cannes com Parasita, ganhando o prêmio principal;

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

  10. Star Wars: O Despertar da Força – A franquia, agora parte do Império da Disney, retornou com J.J. Abrams no comando. Inaugurando uma nova trilogia, essa ópera espacial tentou recuperar a energia pop dos três filmes originais, enquanto encontrava mais espaço para mulheres e personagens não-brancos. O resultado foi popular em todo o mundo, mas também provocou uma reação que expôs – não pela primeira ou pela última vez – uma corrente feia e reacionária na cultura moderna de fãs.

    New York Times divulga lista com os 10 filmes mais influentes da década

O New York Times ainda explica: “Quer você goste deles ou não fizeram a diferença no mundo do entretenimento e além. Em uma época politizada, seu impacto era frequentemente medido em termos ideológicos, pelas discussões que iniciaram e pelas paixões que inflamaram. E em um momento de hegemonia de grande sucesso e ascensão em streaming, eles também representaram um negócio e uma audiência em um fluxo constante e às vezes confuso.”

Concorda com essa lista? Comenta aqui em baixo e não esquece de compartilhar esse post!

Leia Também: