Curiosidades

Por que chamamos vendedores ambulantes de camelô?

Em toda cidade existem vendedores ambulantes que nos trazem as maiores novidades do Paraguai/China, acessórios descolados e tecnologias similares. Se você já fez qualquer compra deste tipo de comércio, sabe muito bem que todos o chamamos de camelô. Mas de onde veio esse nome? Pode ficar tranquilo, eu conto para você!

Historiadores dizem que este apelido curioso surgiu no Século XII, mais precisamente nas ruas francesas. Isto porque lá camelot – vindo do árabe khmalat que significa rústico e felpudo – se referia a um tipo de tecido de pelo de camelo. Ele era importado de alguns países do norte da África e Oriente Médio e era popular por ser macio, brilhoso e isolar bem a temperatura.

Segundo pesquisadores, este tecido era vendido por vendedores ambulantes que gritavam para chamar atenção, logo esses profissionais também começaram a ser chamados de camelot. A grande questão da época é que grande aprte das vezes o tecido não era realmente pele de camelo, assim sendo apenas uma imitação feita com pelo de cabra. Por isso, os camelôs de hoje são chamados assim, já que também são conhecidos pelos produtos ‘similares’.

Após, no século XVII a palavra camelot se tornou cameloter, um verbo que significa vender produtos sem qualidade ou não ter polidez ao realizar a venda. Então, dois séculos depois a palavra começou a ser usada para dizer que a mercadoria é grosseira, sem acabamento.

Muito legal saber a origem das coisas, não acha? Comente!

Participe! Deixe seu comentário...

Hospedagem de Sites e Blogs

Você também pode gostar de