Curiosidades

Como é calculado o teor alcoólico das bebidas?

Se você já foi ao mercado e viu a infinidade de tipos de bebidas alcoólicas que existem, deve ter percebido que cada uma possui um teor alcoólico diferente. Das mais leves como Cerveja ao terrível Absinto, é o teor alcoólico que vai definir a intensidade da bebida. Mas afinal, como é calculado o teor alcoólico das bebidas?

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) é o responsável por supervisionar este tipo de análise e seu critério é bastante simples: É medida a densidade da bebida. Para quem faltou esta aula de química, densidade é o resultado da divisão da massa (medida em gramas) pelo volume (espaço ocupado, medido em centímetros cúbicos ou mililitros). Todos os tipos de bebidas alcoólicas possuem em sua composição água e álcool, quanto maior a quantia de álcool, menor será sua densidade.

Para chegar a este resultado, os analistas usam um densímetro, aparelho semelhante a um termômetro que flutua na substância, a linha de sua superfície marca exatamente a densidade do líquido. Uma informação interessante é que a temperatura pode afetar diretamente o resultado, por isso as análises sempre são feitas em ambientes cuja temperatura é controlada e se mantem em 20ºC continuamente. O resultado é comparado em uma tabela já predefinida pelo Mapa que demonstra o comparativo entre densidade e teor alcoólico.

Veja agora uma relação entre os tipos de bebida e seu teor alcoólico a 20ºC:

Cerveja com álcool: Superior a 0,5%

Aguardente: 38 a 54%

Cachaça: 38 a 48%

Rum: 35 a 54%

Uísque: 38 a 54%

Vodca: 36 a 54%

Licor: 15 a 54%

Bebida alcoólica mista ou coquetel: Entre 0,5% e 54%

Você sabia dessas informações? Comente! 🙂

Você também pode gostar de