Curiosidades

Quem inventou as tesouras?

Quem inventou as tesouras?

Leonardo da Vinci é muitas vezes creditado como o inventor das tesouras, mas a existência delas antecedem a vida do gênio florentino por muitos séculos. Ou seja, apesar de ter mil habilidades (poeta, pintor, engenheiro, matemático, etc), da Vinci definitivamente não inventou esse objeto cortante.

Hoje em dia, é difícil encontrar uma casa que não tenha pelo menos uma. Esse objeto utilizado para cortar materiais de pouca espessura tornou-se indispensável na nossa vida cotidiana e a cada dia que passa novos modelos são lançados, incluindo versões adaptadas para o uso de canhotos ou ambidestros

Os antigos egípcios usavam uma versão rudimentar das tesouras já em 1500 aC. Elas eram produzidas usando uma única peça de metal, tipicamente de bronze, formada em duas lâminas controladas por uma tira também de metal. A tira mantinha as lâminas afastadas até que fossem espremidas. Através do comércio, o dispositivo eventualmente se espalhou para além do Egito, atingindo outras partes do mundo.

Antiga tesoura egípcia.

Os romanos adaptaram o projeto dos egípcios em 100 d.C., criando artesanalmente uma tesoura pivotada (ou cruzada), que era um pouco mais parecida com as que temos hoje. Os romanos também usavam bronze, mas às vezes também faziam o uso de ferro como matéria-prima. As tesouras romanas tinham duas lâminas que deslizavam uma sobre a outra. O pivô ficava situado entre a ponta e as alças para criar um efeito de corte entre as duas lâminas quando era aplicada força à elas. É importante destacar que as versões egípcia e romana da tesoura tinham que ser afiadas regularmente.

Embora o inventor da tesoura seja difícil de apontar, Robert Hinchliffe, de Sheffield, na Inglaterra, deve ser legitimamente reconhecido como o pai da tesoura moderna. Ele foi o primeiro a usar o aço para fabricá-las e produzi-las em massa em 1761, mais de 200 anos após a morte de Da Vinci. Hinchliffe também passou a desenvolver vários modelos de tesouras, destinadas a diferentes aplicações. Tesouras para jardinagem, tosquia de animais, cirurgias médias, etc. A partir desse momento, o objeto passava a ter a popularidade que mantêm até hoje.

Interessante essa evolução da tesoura, não é mesmo? Deixe o seu comentário! 😀

Leia Também: