Curiosidades, História

Quem inventou o carrinho de mão?

Quem inventou o carrinho de mão?

O carrinho de mão mudou o mundo de uma maneira bem particular. Ele nos ajuda a transportar cargas pesadas de uma forma mais segura, fornecendo praticidade e eficiência para quem o utiliza. Mas apesar de ser tão comum no nosso dia a dia, poucas pessoas conhecem a sua origem. Pensando nisso, compartilho aqui com vocês um pouco da história dessa grande invenção.

De acordo com o livro de história “The Records of the Three Kingdoms” (“Os Registros dos Três Reinos” em tradução livre) do antigo historiador Chen Shou, o protótipo do carrinho com uma roda que usamos hoje foi inventado por Zhuge Liang, primeiro ministro do antigo Reino de Shu Han. Por volta do ano 231 d.C. Liang passou a chamar seu dispositivo de “boi de madeira”. As alças da carroça também eram viradas para a frente, permitindo que ela fosse puxada por mais de uma pessoa. Sua principal utilização era o transporte de materiais para ser as tropas que lutavam nos campos de batalha.

O “boi de madeira” chinês.

No entanto, descobertas arqueológicas confirmam que dispositivos mais antigos que o “boi de madeira” já eram usados na China. Pinturas de homens usando carrinhos de mão foram encontradas em túmulos em Sichuan, na China, que datavam o ano de 118 d.C. Quanto à sua propagação pelo mundo, acredita-se que os carrinhos desse tipo chegaram na Europa em algum momento entre 1170 e 1250 d.C.

Uma das diferenças mais notáveis entre o carrinho de mão que foi inventado e existiu na China antiga e o dispositivo que usamos hoje está no modo como a roda é fixada. A invenção chinesa colocava a roda no centro do carrinho, com uma moldura devidamente construída em torno dela. Desta forma, o peso era distribuído mais uniformemente, fazendo com que a pessoa que puxava ou empurrava o carrinho tivesse muito menos trabalho em sua tarefa. Tais carrinhos de mão poderiam até transportar um número considerável de passageiros, cerca de seis homens em alguns modelos.

O carrinho de mão atual, apresenta uma roda em uma extremidade do carrinho e exige mais esforço para ser empurrado. Embora isso pareça ser um forte fator contra o projeto moderno, a sua posição mais baixa o torna mais útil para viagens curtas e para carga e descarga de materiais.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o seu comentário com a gente!

Leia Também: