História, Mistérios

O misterioso desaparecimento de Frederick Valentich

O misterioso desaparecimento de Frederick Valentich

Na noite de 21 de outubro de 1978, um piloto de 20 anos chamado Frederick Valentich desapareceu em algum lugar na costa australiana. Valentich estava realizando um voo de treinamento sobre o Estreito de Bass entre o continente australiano e a Tasmânia do Sul. Ele era um piloto moderadamente experiente, com cerca de 150 horas de voo. Naquela ocasião estava pilotando um Cessna 182L, um avião pequeno e leve, com destino à Ilha King, maior ilha da Tasmânia.

Às 19h06, Valentich entrou em comunicação pelo rádio com os controladores de tráfego aéreo em Melbourne, relatando a presença de uma aeronave não identificada que supostamente o seguia a aproximadamente 4.500 pés. O controlador de voo lhe disse que não havia tráfego perto dele naquele momento. Valentich insistiu que conseguia ver uma grande aeronave desconhecida perto dele e que parecia ter quatro luzes de pouso brilhantes, todas elas acesas. Ele alegou que passou a 1.000 pés acima dele, movendo-se em alta velocidade. Por mais cinco minutos, ele relatou a movimentação estranha da aeronave. Ele até mesmo alegou que ela se movia constantemente em direção a seu avião, o que o fez acreditar que poderia ser um outro piloto que resolveu “brincar” com ele.

Além das quatro luzes de pouso, a única descrição que Valentich pôde dar foi que o exterior da aeronave era brilhante e metálico e que tinha uma luz verde. Poucos minutos após o primeiro contato com os controladores, Fred Valentich relatou que estava com problemas no motor. Os funcionários do rádio pediram-lhe mais uma vez para identificar a outra aeronave. Após isso ele só conseguiu dizer a frase “não é uma aeronave”, logo antes da transmissão ser interrompida. O último som que os funcionários do rádio ouviram foi um barulho semelhante ao de um metal sendo raspado e ruídos da transmissão. Confira o curioso áudio:

Os controladores de tráfego de Melbourne presumiram que Valentich havia caído, mas uma busca feita tanto pelo mar quanto pelo espaço aéreo daquela região não encontrou nenhuma pista. Mais tarde, o Departamento de Transportes da Austrália investigou o desaparecimento de Valentich, mas ainda assim não foi capaz de encontrar vestígios de seu paradeiro. Alguns relatos de civis sobre o possível avistamento do avião também foram coletados, mas no final, o desaparecimento foi dado como um acidente fatal e o caso foi encerrado. No entanto, essa história estaria longe de ter um fim.

Cinco anos depois da morte de Frederick Valentich, uma parte de motor de avião foi encontrada na Ilha Flinders. O Departamento de Investigação de Segurança Aérea observou que a parte vinha do mesmo tipo de aeronave que Valentich estava pilotando e que tinha números de série correspondentes ao avião desaparecido. Após o ocorrido, Guido Valentich, pai de Frederick, disse que seu filho era um “crente fevoroso” dos OVNIs e muitas vezes se preocupava em ser atacado por eles. Também foi revelado que o piloto havia se inscrito duas vezes na Força Aérea Australiana e foi rejeitado nas duas vezes por causa de sua experiência educacional inadequada. Ele também estava estudando para ser um piloto comercial, mas falhou duas vezes nos testes.

Placa em homenagem a Frederick Valentich, localizada ao lado do farol de Cabo Otway, Austrália.

Ufologistas se interessaram pelo caso imediatamente, alegando que ele havia sido sequestrado por alienígenas. Alguns deles alegaram que haviam relatos de testemunhas oculares sobre as luzes verdes que Frederick Valentich relatou ter visto se movendo pelo céu. Um encanador chamado Roy Manifold chegou a tirar uma foto perto do local e a aproximadamente 20 minutos antes do desaparecimento. A imagem mostra um objeto em movimento rápido que se move pela água perto da cena do desaparecimento. No entanto, as fotos provaram ser muito embaçadas para identificar claramente o objeto e os investigadores acreditam que se trata apenas de um inseto voador como uma abelha ou vespa.

A foto tirada por Roy Manifold.

Apesar dos relatos recorrentes de avistamentos de OVNIs e dos ufólogos ainda insistirem que o desaparecimento de Frederick Valentich tem ligações extraterrestres, até hoje não houve nenhuma explicação real de seu sumiço e o mistério continua a intrigar a mente de muitas pessoas.

O que você acha que pode ter acontecido? Deixe o seu comentário!

Leia Também: