Curiosidades

Por que algumas pessoas têm medo de ir ao dentista?

Por que algumas pessoas têm medo de ir ao dentista?

Apesar da grande importância de fazer pelo menos uma visita ao dentista no ano, existem muitas pessoas que evitam entrar em um consultório odontológico a qualquer custo. Embora possa parecer um pouco engraçado à primeira vista, a odontofobia é algo bastante sério já que pode colocar em risco a saúde bucal dos pacientes. Pensando nisso, vários psicólogos ao redor do mundo resolveram pesquisar sobre os motivos que levariam alguém a ter pavor da ida ao dentista. Os resultados apontaram alguns fatos interessantes.

Estudos sugerem que um dos principais motivos de todo esse pavor esteja ligado ao fato de que muita gente associa a odontologia à dor. Qualquer pessoa que já tenha sofrido com dores ou desconfortos durante um procedimento odontológico provavelmente ficará ansiosa quando chegarem as consultas futuras. Esse comportamento é semelhante ao de ter uma experiência ruim em qualquer outro lugar, seja em um restaurante que ofereceu uma refeição de gosto ruim ou com um cabeleireiro que acabou fazendo um corte de cabelo errado. Em tais situações, pouquíssimas pessoas estariam disposta a retornar a esses estabelecimentos após experiências ruins.

É importante destacar que a falta de controle da situação também pode desempenhar um papel fundamental no surgimento da odontofobia. Algumas pessoas temem o dentista simplesmente porque elas não têm o controle sobre a situação na qual se encontram, já que necessitam ficar paradas e esperar que o profissional realize todo o seu trabalho. Além disso, ao ficar deitados na cadeira, eles não conseguem ver o que o dentista está fazendo e portanto não conseguem prever o que vai doer ou causar desconforto.

Por último, o constrangimento também pode ser levado em consideração, afinal, é muito estranho ver alguém “cutucando” a nossa boca. Podemos nos sentir constrangidos com o estado dos dentes ou até mesmo com o cheiro que eles exalam durante os procedimentos odontológicos. Tratamentos dentários exigem proximidade física, o que exige que o rosto do dentista fique a centímetros do paciente e que pode fazer com que as pessoas se sintam desconfortáveis ​​e ansiosas.

Se esses sintomas descrevem de alguma forma o seu comportamento, talvez seja muito importante ter uma conversa com o seu dentista. Explique como você se sente, sem deixar de expressar seus medos e preocupações. Um bom dentista vai ouvi-lo e tentará ajudá-lo da melhor maneira possível. Lembre-se também que a odontologia é uma área da saúde humana que sempre prioriza o desenvolvimento de técnicas e ferramentas capazes de reduzir ao máximo o desconforto dos pacientes.

Sentir-se calmo durante uma visita ao dentista é possível, mesmo para os que sofrem com odontofobia. O primeiro passo para se livrar dessa fobia é descobrir a causa do seu medo e estabelecer uma comunicação sincera com o seu profissional.

Gostou? Compartilhe essa matéria e deixe o seu comentário!

Leia Também: