Curiosidades

Conheça o trem que passa por dentro de um prédio na China

Conheça o trem que passa por dentro de um prédio na China

Por causa de sua topografia peculiar e sua alta densidade de edifícios, a cidade de Chongqing, uma das mais populosas da China, acabou obrigando arquitetos e urbanistas a pensar no desenvolvimento de uma linha de monotrilho que pudesse fornecer praticidade aos seus usuário. Tendo isso em mente, os responsáveis pelo projeto decidiram por em prática uma solução bem incomum: fazer o trem do monotrilho passar por dentro de um prédio de apartamentos com 19 andares.

Com as montanhas Daba, Wushan, Wuling e Dalou ao norte, leste e sul, a maior parte do terreno de Chongqing é formada por encostas e morros. Isso, juntamente com a falta de espaço devido à alta densidade de edifícios que abriga uma população de cerca de 49 milhões de pessoas, torna o trabalho na infraestrutura local um verdadeiro desafio para arquitetos e urbanistas. Em 2004, quando um novo projeto de infraestrutura foi aprovado, eles só tinham duas escolhas disponíveis: derrubar um prédio inteiro para dar espaço ao monotrilho, ou “simplesmente” eliminar dois andares para construir um túnel grande o suficiente para que o trem pudesse passar por ele. Por mais incomum que pareça, os especialistas optaram pela segunda opção e 13 anos depois eles ainda estão convencidos de que essa era realmente a coisa certa a fazer.

“Nossa cidade é muito construída e isso pode fazer com que encontrar espaço para estradas e linhas férreas seja um verdadeiro desafio”, disse um porta-voz do departamento responsável pela infraestrutura de trânsito em Chongqing. “Às vezes não há espaço no local, então temos que pensar em passar por baixo, por cima, ou nesse caso, pelo meio. Em uma cidade tão agitada como essa, ficou claro que as pessoas gostariam de se locomover rapidamente. Estender a linha férrea desta forma era uma aposta, mas foi uma que valeu a pena.”

Como se um trem de monotrilho passando pelo meio de um prédio de apartamentos não fosse estranho o suficiente, existe também uma estação de passageiros nos 7º e 8º andares. Assim, os moradores podem literalmente sair pela porta da frente de sua casa e entrar diretamente no trem.

Algumas pessoas podem até pensar que ter um trem passando pelo prédio várias vezes ao dia poderia reduzir o valor da propriedade, mas o que realmente aconteceu foi justamente o contrário. A estação localizada no prédio realmente aumentou o preço dos apartamentos porque tornou o transporte público facilmente acessível. Quanto ao ruído, a empresa responsável diz que o monotrilho é leve e que o prédio foi reforçado com equipamentos de redução de ruído. Por conta disso, os desenvolvedores do projeto dizem que o barulho do trem não é tão alto quanto parece, tendo um ruído semelhante ao de uma máquina de lavar louça.

Curioso, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: