Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Em 1817, brasileiros tentaram fazer de Napoleão o imperador da América do Sul

Napoleão

Napoleão Bonaparte é um dos nomes mais importantes da história da Europa e suas conquistas o fizeram se tornar personagem presente no dia a dia de muitas pessoas. Na França, até hoje é proibido batizar um porco com nome Napoleão em repeito ao imperador. Mas, quem imaginaria que esse personagem histórico poderia ter feito parte da história do Brasil? Ele não fez, mas por muito pouco e, inclusive, ele mesmo estava querendo isso.

No século 19, os brasileiros estavam vivendo uma verdadeira utopia política. Durante um momento bem conturbado da história, conspiradores brasileiros estavam considerando e chegaram a planejar o rapto de Napoleão Bonaparte, imperador francês que estava preso pelos ingleses na Ilha de Santa Helena, no Atlântico Sul. Ele estava lá desde sua derrota na Batalha de Waterloo, em 1815. A ideia dos conspiradores era levá-lo para a América do Sul para que pudesse reinar sob um território de antigas colônias espanholas e portuguesas.

A ideia que hoje parece ser uma verdadeira loucura estava sendo discutida de forma séria, tinha um orçamento milionário e foi analisada com cautela por várias vezes. Até o próprio Napoleão estava gostando da ideia de se imaginar imperando sobre um continente tão grande. Mas como todos já sabemos, o projeto deu errado por conta da impossibilidade de se concretizar de fato. Napoleão chegou a governar cerca de 60 milhões de pessoas em seu auge de poder. Seu império em 1808 contava com a Bélgica, Holanda, Alemanha, Itália, tentou incluir a Rússia e invadiu o Egito.

Napoleão

Por ser um homem de grande ambição, governar a América do Sul para ele não seria algo impossível. Vários revolucionários na América do Sul gostavam de Napoleão porque ele havia posto fim em regimes antigos de monarquia absoluta. Os líderes da Revolução Pernambucana estavam entre os que defendiam o francês. Em 1817, Antônio Gonçalves Cruz, conhecido como Cabugá foi enviado para a Filadélfia, capital dos Estados Unidos na época, para comprar armas a fim de combater os homens de dom João VI, convencer o governo dos EUA a apoiar a criação do de uma república independente no nordeste brasileiro e recrutar antigos revolucionários franceses para libertar Napoleão.

Cabugá foi enviado com incríveis US$ 800 mil em sua bagagem, um valor exorbitante para a época. Mesmo que parecesse impossível a conquista de Cabugá, ele conseguiu recrutar quatro veteranos do exército de Napoleão. Acontece que, enquanto ele estava nos Estados Unidos, os revolucionários pernambucanos já haviam sido rendidos pelas tropas de dom João VI. Cabugá e os veteranos foram presos antes de desembarcarem no Brasil.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Bizarras as reviravoltas históricas, não acha? Comente!

Leia Mais

Curiosidades

A população mundial atualmente está em torno de 7,7 bilhões de pessoas que estão distribuídas nos diversos países. O número é bastante grande, porém...

Curiosidades

O mundo dos negócios vive constantemente movimentado e necessita sempre de muita inovação, afinal de contas, é extremamente importante prender a atenção dos mais...

Curiosidades

Existem diversos tipos e espécies de animais espalhados pelo mundo, não dá para saber ao certo quantos deles habitam por aqui, inclusive existem espécies...

Bizarro

As bizarrices estão espalhadas pelo mundo inteiro e não é de hoje. Como bem sabemos, essas bizarrices podem ser encontradas nos mais variados setores,...

Curiosidades

Todos nós quando nascemos recebemos um nome e ele pode nos acompanhar por todos os dias da nossa vida. Existe uma variedade de nomes...

Curiosidades

Desde a época da escola estamos acostumados a ouvir bastante sobre os mais variados países que existem pelo mundo. Sabemos que cada um dos...

Curiosidades

A sueira é algo completamente inevitável, convivemos com diversos tipos dela todos os dias e temos sempre que estar limpando, seja nossa casa, nosso...

Bizarro

Todo mundo já foi em algum restaurante na vida, inclusive há quem tenha o seu preferido, afinal de contas, cada um oferece pratos e...