Bizarro, Curiosidades

Quem foi a mãe mais jovem da história?

A gravidez é um momento lindo na vida humana. As moças que estão esperando um bebê mal sabem como é bom ser mãe e algumas lidam com aquele medo de ter o filho e não saber cuidar da forma certa, ou de não conseguir lidar com a novidade que é ter um bebê, outras acabam ficando tristes porque acham que ter um bebê em sua altura da vida significará perder parte de sua juventude. No Brasil, muitas jovens têm bebês ainda muito novas e isso é uma realidade preocupantes, mas você sabe qual é a história da mãe mais nova já registrada no mundo?

Maio é o mês das mães e foi nesse mesmo mês, em 1939, que o mundo conheceu a menina que fez história: Lina Medina tinha somente cinco anos de idade quando pariu seu filho, um menino. Peruana da cidade de Ticrapo, a menina levava uma vida completamente normal até que seus pais notaram que a barriga de Lina não parava de crescer. No começo, todos imaginavam que ela estava sofrendo o desenvolvimento de um tumor na barriga, mas não era nada disso: a gravidez só foi descoberta no sétimo mês.

Inicialmente, o pai de Lina Medina foi preso sob suspeita de ter engravidado a filha, mas foi liberado pouco tempo depois por falta de provas. Os médicos conseguiram constatar por meio de exames que a menina passou por uma puberdade um pouco incomum e um tanto precoce. Para se ter uma ideia, ela teve a primeira menarca com menos de um ano e seus seios começaram a se desenvolver quando ela tinha somente quatro anos de idade. Um dos médicos que estudou o caso dela afirmou por meio de prontuário que sua estrutura óssea era avançada, além de possuir um alargamento pélvico fora do normal para a idade.

O bebê nasceu por meio de cesariana em 14 de maio 1939. Pesando 2,7 kg, o menino foi criado como irmão da pequena mãe até os dez anos. Ele faleceu aos 40 anos por conta de uma infecção na medula, a mãe está viva, com 82 anos e vive no Peru, com seu marido Raúl Jurado. Até hoje não se sabe quem é o pai da criança.

 Bizarro! Matou a curiosidade? Deixe um comentário!

Você também pode gostar de