Curiosidades

Conheça a ponte de bambu que é construída e desmontada todos os anos

Conheça a ponte de bambu que é construída e desmontada todos os anos

Nas águas turvas do rio Mekong, no leste do Camboja, existe uma longa ponte feita totalmente de bambus que liga a ilha fluvial de Koh Pen às margens ocidentais do rio, onde fica Kampong Cham, a sexta maior cidade do país. Se o fato de ser construída totalmente com bambus já lhe causou uma certa estranheza, saiba que essa ponte tem uma característica ainda mais peculiar : ela é sazonal, ou seja, é construída e desmontada todos os anos.

A ponte de bambu costuma ser montada a cada estação seca, quando as águas do rio Mekong recuam e se tornam muito rasas para a utilização de balsas. Por isso, no início das estações chuvosas que promovem o enchimento dos rios, ela é desmontada à mão por operários da própria região e os bambus são guardados ou reutilizados para outras construções. Se a ponte ficasse montada durante as estações chuvosas, ela provavelmente não sobreviveria intacta por causa das fortes correntes do rio. Desse modo, os barcos voltam a operar nesse período para transportar as pessoas pelo rio.

A reconstrução anual da ponte é uma atividade bastante engenhosa. Primeiro, altos postes de bambu são fincados no leito do rio e uma camada de esteira de bambu é colocada na parte de cima para servir como uma superfície plana. Por último, outros postes com ângulos diferentes são usados para completar o reforço da base. É importante destacar que, apesar de se parecer com uma maquete feita de palitos de fósforos por quem a observa de longe, a ponte é forte e larga o suficiente para suportar o peso e veículos leves, facilitando o deslocamento dos moradores locais. Como os bambus tem a característica de dobrar ao invés de quebrar quando estão sob pressão, dirigir um carro ou uma moto sobre a ponte faz com que eles se flexionem continuamente, suportando o peso das veículos de uma forma surpreendente.

No entanto, é muito importante que os motoristas prestem bastante atenção quando estão trafegando pela ponte. As milhares de estacas de bambu que são colocadas na horizontal são incapazes de ficarem totalmente niveladas, o que pode tornar a viagem bastante escorregadia e perigosa. Até mesmo as motos em alta velocidade podem causar ondas de choque capazes de derrubar viajantes que se aventuram em atravessar a ponte a pé, por isso todo cuidado é pouco na hora da travessia.

Apesar de já ter até se tornado um marco turístico da região, a ponte de bambu de Kampong Cham está com os dias contados. A aproximadamente dois quilômetros ao sul, uma ponte moderna de concreto foi inaugurada em março deste ano. Essa nova construção conta com 800 metros de comprimento e tem capacidade para transportar veículos de até 30 toneladas, ao contrário das 4 toneladas suportadas pela antiga feita de bambu.

No entanto, apesar da comodidade e segurança proporcionada pela nova construção, os moradores de Koh Pen temem que a ausência da ponte de bambu possa causar uma queda no número de turistas e consequentemente afetar negativamente a economia de toda a ilha. Mas isso só o tempo poderá dizer.

Construção muito curiosa, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: