Curiosidades, Entretenimento

A curiosa história do Supaidaman, o Homem-Aranha japonês

Certamente você já ouviu falar no Spider-Man, mas e o “Supaidaman”? Embora possa parecer algo totalmente sem noção à primeira vista, essa estranha série de televisão do “Homem-Aranha japonês” não só foi um enorme sucesso em seu país de origem, como também desempenhou uma grande influência na cultura pop mundial ao servir de inspiração para a criação dos Power Rangers.

A própria natureza do Supaidaman dá a entender que se trata de uma imitação barata, mas na verdade a série foi o resultado de uma iniciativa colaborativa bastante séria e ousada entre a americana Marvel Comics e a japonesa Toei Company. No final dos anos 70, as duas empresas assinaram um contrato que dava o direito de cada uma usar as propriedades da outra por um período de três anos. Na América do Norte, a Marvel acabou usando alguns dos personagens Toei em sua série Shogun Warriors, enquanto no Japão a mais bem-sucedida foi o bizarro Supaidaman, o Homem-Aranha japonês.

Embora o traje usado pelo Supaidaman seja bem semelhante à roupa original do Homem-Aranha, essa é basicamente a única semelhança entre os dois. A identidade real do herói é Takuya Yamashiro um jovem motociclista. Seu pai, Dr. Hiroshi Yamashiro, testemunha um acidente de uma nave espacial conhecida como Marveller, que vinha do “Planeta Spider”. A espaçonave mata o pai de Takuya, o que faz com que o jovem investigue Garia, o último guerreiro sobrevivente do planeta Spider. Após encontrá-lo, Takuya acaba recebendo uma espécie de transfusão de sangue de Garia, que acaba lhe fornecendo os super-poderes que mais tarde usaria para combater o mal.

Embora tenha sido produzida em uma época com várias limitações tecnológicas, a série conseguiu apresentar cenas de ação relativamente boas, principalmente graças ao trabalho do dublê. Até mesmo o criador do Homem-Aranha, Stan Lee, ficou impressionado com a qualidade da ação e chegou a dizer que ficou “impressionado com as cenas de ação, pois nenhuma delas havia sido feita por computação gráfica. Confira abaixo a abertura da série:

Apesar de contar com apenas 41 episódios, Supaidaman foi um grande sucesso no seu país. De fato, ela só acabou por causa do fim do acordo de três anos entre a Marvel e a Toei. Ainda assim, a série foi popular o suficiente para garantir um longa-metragem, que chegou aos cinemas em 1978.

Um fato que chama atenção na série é que nela o Supaidaman conta com a ajuda do Leopardon, um gigantesco robô de luta. O sucesso de Supaidaman e a popularidade de Leopardon entre as crianças japonesas, acabou convencendo a Toei Company e outros estúdios de que essa poderia ser uma característica definitiva do futuro dos heróis. Isso fez com que os robôs e monstros gigantes fossem adicionados ao gênero de Super Sentai da Toei, o que inspirou a adaptação norte-americana desse gênero que mais tarde daria origem à franquia “Power Rangers”, que logo se tornaria febre no mundo ocidental.

Ou seja, apesar de ser uma série aparentemente bizarra, Supaidaman conseguiu o sucesso que os seus idealizadores planejaram e ainda serviu de inspiração para outras produções bem-sucedidas. Tudo isso transforma Supaidaman um verdadeiro ícone da TV japonesa.

E você, já tinha ouvido falar no Supaidaman? Deixe o seu comentário!

Leia Também: