Curiosidades, História

16 fatos curiosos sobre a Roma Antiga

16 fatos curiosos sobre a Roma Antiga

A Roma antiga é provavelmente a civilização mais épica da história humana. O que começou no oitavo século aC como uma pequena cidade às margens do rio Tibre (no que hoje é a Itália) tornou-se um dos impérios mais poderosos que o mundo já viu. Conheça algumas curiosidades bem peculiares que você talvez não saiba sobre a antiga civilização dos romanos.

1. Ao contrário do que os filmes de Hollywood nos levam a acreditar, a luta de gladiadores não era a forma mais popular de entretenimento da Roma Antiga, embora fosse provavelmente a mais sangrenta e bárbara. Arqueólogos modernos sugerem que a corrida de bigas (quadrigas) era o esporte mais popular da época.

2. Os cocheiros romanos (os corredores das quadrigas) teriam ganhado mais do que as estrelas do esporte internacional de hoje se aplicássemos a correção monetária. Um cocheiro chamado Caio Apuleio Diocles acumulou uma fortuna que seria o equivalente a 15 bilhões de dólares nos dias atuais hoje.

3. A expectativa de vida na Roma antiga era de apenas 30 anos, mas isso não quer dizer necessariamente que todos os romanos morriam ainda jovens. A expectativa de vida média na época era distorcida por causa do grande número de mulheres que morriam no trabalho de parto e pela alta mortalidade infantil. Se um romano chegasse à maturidade, provavelmente viveriam tanto quanto as pessoas do mundo ocidental moderno.

4. Apesar de ser um dos mais conhecidos, o Império Romano não era necessariamente o maior império da história. Em seu auge, o Império Romano compreendia cerca de 5 milhões de quilômetros quadrados, o que o colocaria na 25ª posição se medíssemos os impérios pelo tamanho do território.

5. Os antigos romanos veneravam e idolatravam os gladiadores nas competições em que assistiam no Coliseu. Alguns romanos chegaram até a beber o sangue dos gladiadores porque acreditavam que o sangue desses homens fortes e ferozes tinha o poder de curar a epilepsia.

6. Por incrível que pareça, duas represas romanas construídas na Espanha ainda estão em uso após 1.900 anos. Essas barragens são geralmente elogiadas pela altura extraordinária, que permaneceu insuperável em qualquer lugar do mundo até o final da Idade Média.

7. Curiosamente, os habitantes da Roma Antiga tinham uma deusa do esgoto (Cloacina), um deus do banheiro (Crepito, que também era o deus da flatulência) e um deus das fezes (Sterquilinus).

8. Obviamente, os antigos romanos não tinham sabão em pó para lavar as suas roupas. Por isso alguns deles usavam a urina, que supostamente realizava um bom trabalho de limpeza das vestimentas.

9. Os primeiros cristãos eram chamados de “ateus” pelos romanos porque não pagavam tributo aos deuses pagãos.

10. A Roma Antiga tinha um complexo de edifícios de 4 andares chamado “Mercado de Trajano”, que contava com 150 salas e escritórios, muitos deles usados para atividades administrativas do Império Romano. Suas ruínas ainda podem ser visitadas hoje.

11. As guerras entre os romanos e os persas duraram cerca de 721 anos, tornando-se o mais longo conflito da história humana.

12. Além de usar moedas, os antigos romanos frequentemente compravam escravos usando o sal como pagamento. Naquela época o sal era muito valioso porque servia como um ótimo tempero, era um bom antisséptico e não podia ser obtido tão facilmente como hoje.

13. Na Roma Antiga, a punição por matar o próprio pai era a pena de morte, que por sua vez era executada através de um método muito bizarro. O condenado era costurado em um saco junto com um macaco, uma víbora, um cachorro e um galo. Essa punição se chamava “poena cullei”.

14. Se o antigo Coliseu de Roma fosse construído hoje, ele custaria cerca de 380 milhões de dólares.

15. Um tipo de peixe chamado “salema” era consumido na Roma antiga como uma droga recreativa, pois causava alucinações quando era ingerido.

16. Um dos imperadores romanos mais excêntricos foi Calígula. Além de transformar o seu cavalo em um senador, ele praticou incesto com suas irmãs, transformou seus prisioneiros em alimento para as feras e acreditava que tinha a habilidade de conversar com a lua.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: