Curiosidades

Por que os cachorros gostam de lamber seus donos?

Uma das coisas mais adoráveis e ao mesmo tempo irritantes que os cachorros fazem é lamber obsessivamente os seus donos. Embora seja algo considerado extremamente dócil por algumas pessoas, é inegável que esse comportamento canino tende a ficar bem nojento em alguns casos. Mas afinal, por que eles fazem isso?

Na maioria das vezes, a lambida incessante dos cachorros é uma maneira de tentar demonstrar afeto para os seus donos. Quando brincamos com os nossos cães ou lhes damos atenção, nós geralmente fazemos carícias e apertamos carinhosamente os seus rostos, de modo que a maneira encontrada pelos cachorros de retribuir o carinho é lamber o nosso rosto de forma obsessiva. No entanto, existem outras razões pelas quais seu cão pode estar te lambendo obsessivamente, como por exemplo chamar a sua atenção. Os cães sabem que quando lambem o dono acabam recebendo mais atenção, por isso eles podem tentar usar essa técnica para atrair o seu olhar.

Também é importante destacar que lamber é uma ferramenta sensorial. Por isso, se o seu cão estiver lambendo objetos aleatórios ou áreas incomuns na sua casa, eles provavelmente estão apenas “explorando” a região, afinal fica bem mais fácil “sentir” o ambiente ao seu redor se eles puderem provar tudo. No entanto, lamber objetos como um tapete ou a própria mobília no seu local de descanso também pode ser indicativo de ansiedade, tédio ou até mesmo distúrbios gastrointestinais. Por outro lado, eles costumam lamber a si mesmos simplesmente por uma questão de limpeza e cuidado.

Lembre-se que a lambida “excessiva” dos cachorros pode muitas vezes parecer excessiva apenas para o dono do animal, e não necessariamente para o próprio cãozinho. Mas se isso é um incômodo para você, saiba que um treinador especializado pode muitas vezes ajudar a reduzir todo esse “entusiasmo” do seu cão em dar beijos molhados e desleixados. Se a lambida do seu cão parecer estranha ou de alguma forma preocupante, não hesite em levar o seu animal ao veterinário para receber um diagnóstico mais preciso.

Um comportamento canino muito interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você já assistiu nosso último vídeo no Canal Experimentando?

Clique aqui para assistir no YouTube

Você também pode gostar de