Curiosidades

Por que os gatos têm um paladar tão exigente?

Por que os gatos têm um paladar tão exigente?

Se você já criou ou cria gatos atualmente, é bem provável que já tenha passado pela situação de colocar uma tigela cheia de uma comida ou ração cara na frente do rosto peludo da criatura e logo em seguida vê-lo sair sem dar uma simples mordidinha. Diferentemente dos cães, que comem praticamente tudo o que veem pela frente, os gatos costumam ser muito exigentes com a comida que consomem, o que sugere que esses animais possuem algum tipo de “atitude gastronômica superior”. Mas afinal, o que explica esse comportamento?

De acordo com um estudo recentemente publicado na revista acadêmica “Royal Society Open Science”, isso acontece porque os gatos são animais que vivem altamente sintonizados com as suas necessidades dietéticas. Esses felinos normalmente gostam de ingerir uma dieta rica em proteínas e moderada em gorduras, por isso tendem a se preocupar mais com o fator energético da comida do que com o seu sabor, cheiro ou textura. Ou seja, se você não está dando a eles os nutrientes desejados, eles prontamente recusarão o prato como se fossem clientes exigentes de um restaurante extravagante.

No estudo, os gatos participantes receberam pratos com diferentes proporções e sabores com proteína e gordura. Alguns alimentos tinham gosto de carne de coelho, alguns tinham gosto de peixe e outros tinham gosto de laranjas. Embora os gatos inicialmente escolhessem a comida que tinha o gosto de carne de coelho, os outros pratos que estavam mais próximos de suas necessidades nutricionais acabaram sendo os mais consumidos posteriormente, independentemente do “delicioso” sabor de animal morto que o primeiro escolhido apresentava.

Uma vez que um gato aprenda a estabelecer que uma única refeição é capaz de satisfazer suas necessidades nutricionais, é improvável que ele resolva provar qualquer outra coisa. O co-autor do estudo, Adrian Hewson-Hughes, acredita que eles tenham uma espécie de “neofobia”, que é o medo ou relutância em experimentar coisas novas. No entanto, a forma exata de como os gatos sabem que um determinado alimento atende aos seus padrões incrivelmente rígidos de macronutrientes ainda permanece sendo um mistério. Sendo assim, esperamos que um estudo futuro possa fornecer um resposta para essa questão.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: