Curiosidades, História

Por que a Europa e a Ásia são consideradas dois continentes?

Por que a Europa e a Ásia são consideradas dois continentes?

Se você der uma olhadinha no mapa-mundi da capa desta matéria irá perceber que a Europa está coladinha na Ásia, não há nenhum oceano entre elas que faça algum tipo de distinção territorial e isso sempre me deixou confusa. Por que a Europa e a Ásia são consideradas dois continentes?

Então, como tudo na vida sempre tem uma razão – sim, sua mãe está certa e sempre estará – este caso não seria diferente. A Europa e a Ásia são dois continentes separados e totalmente distintos por questões culturais. Para simplificar, a divisão entre Europa e Ásia, a fronteira entre os continentes, é o que divide o Ocidente do Oriente. Antes de Sócrates, lá em 500 a.C., os gregos geógrafos pioneiros tais como Anaximandro e Hecateu de Miletro utilizavam seu tempo para desenhar um mapa-mundi em forma de pizza onde a divisão era feita em três fatias: Ásia, Europa e Líbia (norte da África).

Representação deste antigo conceito grego.

Partindo deste conceito, as águas formadas pelos mares Egeu, Negro e Cáspio limitavam as fronteiras entre Ásia e Europa. Vale ressaltar que neste período, o mundo grego girava apenas em torno do Mediterrâneo e ali podemos ver corpos d’água que separam o Leste do Oeste. Essa distinção grega acabou pegando e a cartografia a adotou para sempre.

Em 1730 ela acabou se tornando oficial quando o famoso cartógrafo sueco von Strahlenberg propôs a cordilheira Montes Urais como a fronteira mais importante do leste que até hoje é um dos limites oficiais. Inclusive, uma das explicações para a origem dos nomes Ásia e Europa é que, justamente, eles derivam de Leste e Oeste no antigo idioma acádio que era falado na região onde hoje é a Turquia – Asu e Erebu.

Curioso, não é mesmo? Comente!

Leia Também: