Curiosidades

Os bebês conseguem reconhecer cores diferentes?

Assim como os números, as letras e as formas geométricas, as cores do arco-íris são uma das primeiras coisas que aprendemos quando crianças. Curiosamente, um estudo recente sugere que os seres humanos já nascem com a capacidade de reconhecer cores. Obviamente, isso não quer dizer que os bebês já saem do útero sabendo que o vermelho se chama vermelho ou que o azul é chamado de azul, mas a pesquisa mostra que os bebês são capazes de distinguir as cores umas das outras e separá-las em diferentes categorias.

Esse experimento de pesquisa de cores foi conduzido pela cientista Anna Franklin, da Universidade de Sussex, na Inglaterra. Nesse estudo, bebês com idade entre 4 a 6 meses visualizaram 14 cores diferentes ao todo. Depois de visualizarem a mesma cor várias vezes, eles recebiam uma cor diferente. Se a criança ficasse observando essa nova cor por mais tempo do que a anterior, isso significava que ela a reconhecia como uma nova cor. A base dessa constatação girou em torno da ideia de que os bebês olham para certas coisas durante longos períodos de tempo caso não estejam familiarizados a elas.

Embora se pensasse anteriormente que a nossa classificação de cores poderia ser uma construção social arbitrária, essa experiência sugere algo bastante diferente. Depois de estudar as reações de 179 bebês, os resultados do estudo mostraram que eles podem separar as cores em cinco categorias básicas: vermelho, amarelo, verde, azul e roxo. Essa habilidade inata de distinguir cores pode ter se mostrado útil para os nossos primeiros ancestrais ao ter que reconhecer cores “seguras” e “perigosas” para certas situações na natureza, como encontrar plantas ou animais venenosos.

A habilidade das crianças em reconhecer cores diferentes melhora consideravelmente por volta do 18º mês de vida, quando elas passam a notar semelhanças e diferenças de forma, tamanho e textura. Conforme elas vão crescendo, elas adicionam cada vez mais cores ao seu repertório. Livros ilustrados e objetos coloridos podem ajudar as crianças a melhorar ainda mais essa capacidade.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de