Saúde

Por que só temos catapora uma vez na vida?

Por que só temos catapora uma vez na vida?

A catapora é um dos maiores terrores da infância. Eu tive sorte, minha mãe vacinou tanto eu quanto meu irmão assim que pode, porém nem todos tem esta felicidade na vida. Porém, todos sabemos que em geral temos catapora apenas uma vez na vida e hoje é o momento de descobrir o porquê disso ocorrer.

A catapora é causada por um vírus e é extremamente contagiosa, atingindo a todos os que antes nunca tiveram a doença e não foram vacinados. O curioso é que se você teve catapora uma vez, nunca mais terá, isso porque seu corpo se torna imune a ela. O vírus varicela-zóster, integrante da família herpes-vírus, é o causador e o contato com o mesmo proporciona a parte responsável pela imunidade do seu corpo o aprendizado para que, da próxima vez, ele esteja preparado para não permitir a entrada do mesmo. Logo, se você teve catapora, não terá novamente.

Como ocorre a transmissão da catapora?

O contágio ocorre através do líquido das bolhas formadas pelo vírus, por tosse ou espirro. Inclusive, mesmo os que não estão apresentando sintomas são capazes de transmiti-la, então fique alerta caso você esteja convivendo com alguém com catapora para que você não saia contaminando todo mundo. Após ser infectado, a catapora pode levar de 10 a 21 dias para se manifestar e a pessoa pode começar a transmissão a partir de um ou dois dias da doença irromper no corpo, permanecendo contagiosa enquanto as bolhas estiverem presentes.

Catapora

Quais são os sintomas da catapora?

A infecção por catapora dura de 5 a 10 dias, sendo que os primeiros sintomas surgem de um a dois dias antes das bolhas que permanecem de 4 a 5 dias antes de sumirem. Veja os outros sintomas:

– Dor de barriga
– Coceira
– Febre
– Surgimento de bolhas (de 250 a 500) em todo o corpo
– Mal estar
– Dor de cabeça
– Perda de apetite

Tratamento

A catapora assim como chega, irá embora. Porém, é importante que o paciente visite um médico para receber medicação que alivie os sintomas como febre e coceira, assim conseguindo conviver melhor com a doença até que ela finalmente deixe seu corpo.

Curioso, não é mesmo? Comente!

Leia Também: