Curiosidades

Conheça o ukai, a técnica japonesa de pesca com o uso de aves

Os corvos-marinhos (também conhecidos como cormorões) são aves marinhas cuja dieta consiste principalmente do consumo de peixes. Por causa disso, essas aves se tornaram grandes mestres da pesca, de modo que elas esperam pacientemente por suas presas nas margens do mar ou dos rios. No momento certo, os corvos-marinhos mergulham debaixo d’água, tomando impulso com o auxílio das suas asas e capturando os peixes com seus bicos especialmente projetados.

Desde a antiguidade, os pescadores do Japão e da China aprenderam a criar e a treinar essas aves para usá-las nos momentos de pescaria. Essa técnica ficou conhecida como “pesca de cormorão” ou simplesmente “ukai” na língua japonesa. Curiosamente, essa técnica é ainda bastante usada em algumas partes mais isoladas do território japonês, especialmente ao longo do rio Nagara, na província de Gifu, onde o ukai possui uma história tão longa que remonta a mais de 1.300 anos.

A pesca através da técnica ukai ocorre durante o anoitecer. Os pescadores, que geralmente trabalham em longos barcos de madeira, conduzem aproximadamente uma dúzia de corvos-marinhos atrelados às cordas, de modo que esses animais nadam ao lado do barco e mergulham na água para pegar os peixes engolindo-os inteiros. Vale destacar que um laço é amarrado perto da base da garganta das aves, o que faz com que elas engulam apenas peixes pequenos. Quando um corvo-marinho captura e tenta engolir um peixe grande, o peixe fica preso na garganta do pássaro, sendo logo recuperado pelos pescadores quando o pássaro retorna ao barco. Para se ter uma ideia, cada ave pode conter até seis peixes em sua garganta por vez.

Os barcos utilizados nesse tipo de pescaria contam com estacas flamejantes que fornecem luz para os barqueiros, o que é algo essencial para orientar os pássaros para a direção certa de pescar. Embora outros métodos muito mais eficientes de pesca de peixes já tenham sido desenvolvidos, a pesca com o auxílio dos corvos-marinhos ainda é praticada para manter essa tradição milenar viva e também para servir como uma atração turística. A pesca ukai exige grandes habilidades dos mestres da pesca, por isso muitos deles recebem uma espécie de título hereditário que é transmitido de pai para filho.

O uso de corvos marinhos para a pesca nas regiões banhadas pelo rio Nagara começou há mais de 1.300 anos, originando-se simplesmente como uma forma encontrada pelos pescadores de obter alimento para os seus familiares. Com o passar dos anos, o rio Nagara tornou-se um rio protegido, o que o mantém limpo e saudável, permitindo que a pesca de corvos-marinhos continue normalmente.

A técnica de pesca ukai já foi uma indústria bastante lucrativa no passado. Eventualmente, o número de peixes capturados por cormorões começou a diminuir à medida que outros métodos de pesca mais modernos se tornaram disponíveis. Esse tipo de pesca ainda continua a ser bastante difundido na cidade de Gifu até hoje, atraindo turistas de todas as partes do mundo.

Uma técnica bem interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você já assistiu nosso último vídeo no Canal Experimentando?

Clique aqui para assistir no YouTube

Você também pode gostar de