Curiosidades

Por que existe um pequeno furo nas janelas dos aviões?

Quando o assunto é viagens de longa distância, os aviões são geralmente os meios de transporte mais eficazes para realizar esse tipo de trajeto, pois além de confortáveis, eles promovem uma viagem muito mais rápida. Se você costuma viajar de avião com uma certa frequência, já deve ter percebido alguns detalhes curiosos em sua estrutura, como por exemplo, um pequeno furo que fica localizado na parte inferior da janela. Mas afinal, qual seria a real função desse pequeno detalhe?

A primeira coisa que você precisa saber é que a janela dos aviões comerciais são geralmente compostas por três painéis: o painel externo (que funciona como uma “janela estrutural primária”), o painel central (onde o furo está localizado) e o painel interno (o mais próximo do passageiro). Essas camadas servem como uma espécie de “reforço” para suportar a pressão atmosférica variável de dentro e de fora do avião. Por exemplo, na altitude de cruzeiro do avião (cerca de 35.000 pés), a pressão do ar é muito baixa para um ser humano suportar normalmente, então a pressão do ar na cabine é mantida a níveis mais altos. Só que quanto maior o diferencial de pressão entre o ar de fora do avião e o ar de dentro, maior a tensão sofrida nas várias estruturas de cabine, incluindo suas janelas. Por isso, a necessidade da utilização de três camadas.

Configuração da janela de passageiros de um Boeing 737.

É aqui que o tal furo entra em cena. Para regular a pressão do ar, o “furo de respiração”, como é geralmente chamado, atua como uma espécie “válvula de sangria”, permitindo que a pressão entre o ar na cabine de passageiros e o ar entre as placas externa e média se equilibrem. Como a força total da pressão do ar só atua no painel externo, o painel do meio serve para manter as condições de pressão da cabine apropriadas, caso o painel externo apresente alguma quebra ou falha.

Além disso, esse pequeno orifício das janelas dos aviões também pode desempenhar a função de liberar a umidade e minimizar a quantidade de gelo acumulado na região da janela, o que poderia bloquear a visão do passageiro. Ou seja, além de servir a propósitos mais técnicos, esse simples furo ajuda a promover uma melhor visão da lado externo da aeronave em grandes altitudes.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de