Curiosidades

Você sabe por que os papagaios falam?

Muito sociáveis, o papagaio usa o seu “falar” para estreitar a relação com o tutor. Ele sente necessidade de soar similar ao seu dono, para reforçar o vínculo que tem com ele. Os papagaios fazem parte de um grupo de animais que desenvolvem uma linguagem verbal para se comunicar entre si. Especialistas contam que os papagaios aprendem a se comunicar muito cedo, imitando os mais velhos.

Você sabia que eles têm nomes? Seus pais têm nomes, e chamam uns aos outros. Esse som “diferente”, permite que eles saibam a que grupo pertencem, entre os papagaios.

Mas como eles conseguem falar?

Estudos revelaram que os papagaios não tem cordas vocais, mas possuem uma membrana na traqueia que tem a mesma função das cordas vocais nos humanos. Na realidade, o papagaio não consegue falar, mas sim imitar sons e palavras que escuta. Ele também não compreende o que diz, somente repete o que ouve. Nem todos os papagaios são capazes de falar, somente algumas espécies conseguem. Somente eles, humanos e alguns tipos de pássaros são capazes de imitar os sons de outras espécies.

Posso ter um papagaio em casa?

O papagaio é uma ave silvestre e adquirir aves silvestres sem autorização do IBAMA é crime ambiental e inafiançável, com reclusão de 6 meses a 1 ano mais pagamento de multa.

Leia também: Por que as aves migram? 

Para comprar um legalmente, é preciso ir a um criadouro que tenha autorização do IBAMA para comercializar aves silvestres. O comerciante deve apresentar a autorização e o registro junto ao IBAMA e a ave deve possuir um anel de identificação com o número gravado. Você deve exigir a nota fiscal de venda do papagaio, que deve conter informações básicas como sexo, data de nascimento e o número de identificação que deve ser o mesmo gravado no anel da ave. Tendo cumprido todos esses requisitos, você terá adquirido um papagaio legalmente.

Mas lembre-se: um papagaio na natureza vive em média 80 anos, enquanto em cativeiro vive apenas 15 anos. O papagaio é extremamente sociável e apegado ao dono, há casos em que a morte do tutor levou a morte da ave, que morreu de tristeza e depressão. Criar um animal é uma responsabilidade muito grande. Jamais retire um da natureza.

Você sabia disso? Conta pra nós!

 

Você já assistiu nosso último vídeo no Canal Experimentando?

Clique aqui para assistir no YouTube

Você também pode gostar de