Curiosidades, História

Quem foi Beethoven?

Independente do seu gênero favorito, o fato é que a música está presente em toda parte nos dias atuais. No entanto, há mais de 200 anos atrás, as pessoas não tinham meios para ouvir música em casa, por isso elas tinham que ir aos teatros para presenciar grandes apresentações. Ludwig van Beethoven foi um dos músicos mais populares desse período, de modo que as pessoas lotavam teatros para ouvi-lo tocar piano. Ao longo desse post vamos explorar um pouco da vida e trajetória dessa lenda da música clássica.

Ludwig van Beethoven nasceu em meados de dezembro de 1770, na cidade de Bonn, Alemanha. Quando ele era criança, seu pai o fazia praticar música dia e noite. Às vezes, ele até chegava a punir Beethoven quando ele cometia um erro, mas ainda assim, o jovem rapaz amava a música. Posteriormente, ele mudou-se para Viena, na Áustria. Lá, ele queria estudar com Mozart, um dos compositores mais influentes desse período. No entanto, seus planos não chegaram a se concretizar, pois apenas alguns meses depois, Beethoven teve que voltar para a Alemanha por conta do falecimento de sua mãe.

Alguns anos depois, Beethoven retornou à Viena. Desta vez, ele estudou com um homem chamado Joseph Haydn. De fato, Mozart e Haydn são vistos como grandes influências na música de Beethoven. Em seus vinte e tantos anos, Beethoven começou a perder a audição por conta de uma congestão dos centros auditivos internos, de modo que ele ficou praticamente surdo com a idade de 46 anos. No entanto, a surdez não impediu que ele continuasse compondo música. Curiosamente, ele escreveu suas maiores obras-primas nos últimos dez anos de sua vida, exatamente quando ele não era mais capaz de ouvir as suas melhores composições.

Pessoas que conheciam Beethoven frequentemente diziam que ele não era uma pessoa fácil de se conviver. Seus amigos e familiares o descreviam como mal-humorado e desconfiado dos outros. Mas independentemente disso, as músicas que ele compôs eram extremamente populares do século XIX. Até hoje, as suas músicas são usadas em inúmeros filmes e programas de televisão.

Beethoven deixou um grande legado até morrer em 1827, vítima de uma cirrose hepática agravada por uma pneumonia. Especialistas frequentemente citam que, ao adicionar vocais às sinfonias que escrevia, Beethoven mudou completamente o gênero da sinfonia. Tanto é que muitos o consideram como o maior pianista e compositor de todos os tempos.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: