Curiosidades

Por que as mulheres muçulmanas usam o hijab?

Por que as mulheres muçulmanas usam o hijab?

É muito normal que pessoas de diferentes áreas do mundo tenham diferentes estilos de vestimenta. Fatores como o clima e tradições históricas, culturais e religiosas podem explicar por que a maneira como você se veste pode parecer completamente estranha a alguém de outra parte do mundo. Um bom exemplo disso é o hijab, uma peça de vestuário muito utilizada pelas mulheres seguidoras do islamismo. Mas afinal, por que elas usam isso?

O hijab é uma espécie de véu usado por muitas mulheres que são muçulmanas ou que vivem em países onde o islamismo é a principal religião. Usar ou não um hijab é uma decisão que a maioria das mulheres muçulmanas toma quando chega na puberdade. Algumas pessoas acreditam que as mulheres muçulmanas são obrigadas por lei a usar um hijab, mas isso só é verdade em alguns países, como Arábia Saudita, Irã, Sudão e na Província de Achém, na Indonésia. Para as mulheres muçulmanas em outros países mais liberais, a escolha de usá-lo depende de fatores religiosos, culturais e políticos.

No Alcorão, o livro sagrado do Islã, a palavra “hijab” geralmente significa “cobertura”. No entanto, o Alcorão não exige explicitamente que as mulheres usem o hijab. Muitos especialistas acreditam que a tradição islâmica sustenta que a prática de usá-lo começou com as esposas do profeta Maomé, que segundo a religião islâmica é o mais recente e último profeta do Deus de Abraão. Ele supostamente pediu para que suas esposas usassem esse tipo de véu para indicar o seu status especial.

Hoje, muitas mulheres optam por usar o hijab como uma prática cultural de se identificar como seguidora do islamismo. Outras podem usá-lo para se enquadrar nas tradições estabelecidas por suas famílias e pelos países em que vivem. Além disso, essa vestimenta também pode ser vista como um sinal da passagem de uma mulher para a idade adulta. Por outro lado, vale destacar que algumas mulheres muçulmanas também podem escolher não usá-lo como uma maneira de se opor ao que consideram uma opressão religiosa de uma sociedade patriarcal.

Sabia dessa? Compartilhe o post e deixe o seu comentário com a gente!

Leia Também: