Curiosidades

Quantas folhas de papel seriam necessárias para imprimir a internet?

Quantas folhas de papel seriam necessárias para imprimir a internet?

Todos nós já sabemos que a Internet é enorme, afinal é possível encontrar conteúdo para praticamente todos os gostos e necessidades. Seja lá qual for o tipo de conteúdo que você deseja acessar em determinado momento, o fato é que muito provavelmente você irá encontrar pelo menos uma página sobre tal assunto com apenas alguns cliques. Mas e se pudéssemos “imprimir” toda as páginas que estão armazenadas na Internet? Quantas folhas de papel seriam necessárias para fazer isso? Um grupo de estudantes resolveu fazer essa conta e o resultado que eles obtiveram é surpreendente.

George Harwood e Evangeline Walker, estudantes da Universidade de Leicester, no Reino Unido, estimam que para imprimir toda a Internet seriam necessárias aproximadamente 136 bilhões de folhas de papel A4 (o famoso papel sulfite usado em escritório), levando em conta uma média de que cada página da web poderia ser impressa em 15 a 30 páginas de papel. A pesquisa dos estudantes foi publicada na revista acadêmica Journal of Interdisciplinary Science Topics.

George Harwood e Evangeline Walker chegaram à esse resultado usando como base o número de páginas indexadas na web, que girava em torno de 4,54 bilhões de páginas em fevereiro de 2015, a época em que os estudantes conduziram as pesquisas. No entanto, esse número não abrange a chamada Deep Web, que não é indexada por mecanismos de pesquisa e é muito maior do que o universo “pesquisável” da Internet.

Agora que já sabemos a quantidade de papel, a pergunta que fica é: “quantas árvores seriam necessárias para imprimir todo esse papel?” Bem, supondo que cada página da web necessite de apenas 15 páginas de papel e que cada árvore possa ser transformada em 17 resmas de papel, seriam necessárias um pouco mais de 8 milhões de árvores, cerca de 44 quilômetros quadrados da floresta amazônica. Ou seja, no final das contas, a Internet acabou poupando a vida de muita árvore por aí através da revolução do armazenamento digital de informações.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário com a gente!

Leia Também: