Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Você conhece a história da Barbearia?

Antes uma profissão “esquecida”, hoje o homem moderno trouxe de volta com tudo as barbearias. A preocupação com a estética deixou de ser algo apenas feminino para adentrar o mundo masculino. As barbearias estão se tornando cada vez mais populares. Mas você sabe como elas surgiram? Vamos descobrir!

A história da barbearia

A preocupação com a aparência é uma coisa muito antiga, vêm lá da Grécia, com sua mitologia. Que contava que os deuses se preocupavam em manter sempre boa aparência e higiene. Os homens sábios e filósofos de Atenas ostentavam suas longas barbas. A barbearia se tornou ponto de encontro de poetas, políticos, filósofos. Eles usavam o lugar para também discutir notícias e política.

Os romanos também dedicavam muito tempo a aparência, prezavam muito os barbeiros. O respeito era tamanho que até mesmo uma estátua em homenagem ao primeiro barbeiro de Roma foi erguida. No Egito, muito tempo antes de Cristo, os barbeiros também eram muito respeitados.

Leia também: Qual a origem do pente de cabelo?

Na época dos homens primitivos, o barbeiro era o líder da tribo. Pois eles acreditavam que os maus espíritos entravam pela cabeça, e somente cortando o cabelo se livrariam dele. Assim diversos tipos de cortes de cabelo eram testados.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Organização de barbeiros

A primeira organização de barbeiros surgiu em 1096 na França, quando o arcebispo da época proibiu o uso da barba. Assim surgiu o barbeiro cirurgião e o barbeiro dentista, que se espalharam por toda Europa. Desde pessoas mais simples até a realeza frequentavam as barbearias para cuidar da saúde e da aparência. Eles foram os únicos a praticar cirurgia até 1461.

Com as novas descobertas da medicina, os cirurgiões começaram a aparecer. Os barbeiros foram proibidos de praticar medicina e odontologia. Nos séculos 18 e 19  a moda passou a ser de usar perucas, assim os barbeiros se viram obrigados a fabricar perucas.

Somente nos anos 1920 surgiram escolas de barbearia, e a profissão voltou a tona novamente. A barbearia se tornou o lugar de encontro dos homens da época, e as mulheres eram proibidas de entrar no ambiente. Era onde eles discutiam sobre política, negócios, esportes.

O barbeiro nos dias de hoje

Hoje a preocupação com a aparência é comum entre homens e mulheres. O homem moderno se veste bem, se cuida e mantém uma boa aparência. É comum ver as barbearias lotadas, hoje oferecendo muito mais do que apenas corte de cabelo e barba: tem cerveja, mesa de sinuca, internet, opção de coloração de cabelo e barba… As opções são inúmeras. O barbeiro voltou a ser um profissional respeitado e influente.

Você conhecia esses fatos? Conta pra nós!-

Propaganda. Role para continuar lendo.

Leia Mais

Curiosidades

Os choques elétricos são frequentemente retratados em desenhos e filmes de comédia. O ato é sempre o mesmo: o protagonista se apodera de um...

Curiosidades

Certamente você já deve ter se hospedado em um hotel em algum momento, ou pelo menos já ouviu falar de alguns. Bom, existem diversos...

Curiosidades

É bem provável que você já tenha assistido a vários documentários da vida selvagem. Em sua grande maioria, esses programas trazem uma combinação de...

Curiosidades

Muita gente concorda que os gatos são animais fofos e bastante adoráveis. No entanto, basta uma rápida pesquisa no Google para perceber que os...

Curiosidades

Vivemos em um mundo onde existem mais de 7 bilhões de pessoas, podemos imaginar que cada uma delas possuem características únicas e ainda assim...

Curiosidades

O mar sempre aparentou ser um ambiente hostil para a vida humana. Tragédias como a do Titanic exemplificam muito bem o quão facilmente vidas...

Curiosidades

Dos últimos anos para cá os serviços de streaming começaram a se popularizar bastante, afinal a praticidade e facilidade de assistir um filme ou...

Curiosidades

Você já deve saber que as equipes de Fórmula 1 são orientadas por orçamentos com valores extremamente altos. De certa forma isso não é...