Curiosidades

Conheça a história de Cérbero

Cérbero, também conhecido como Cerberus, é um cão de três cabeças e cauda de serpente. Sua história tem origem na Mitologia Grega. Vamos conhecer um pouco mais sobre ela.

Conheça Cérbero

Cérbero em grego antigo significa “demônio do poço”. Seu nome também vem da palavra “kroboros” que significa “comedor de carne”, pois ele comia as pessoas. Quando Pirítoo tentou seduzir Perséfone, esposa de Hades, ele foi entregue ao cão, que o devorou. Somente alguns heróis conseguiram passar pela criatura e sair vivos: Orfeu, Enéas, Psique e Hércules. Em algumas versões, se conta que junto das cabeças do cão, saíam várias serpentes cuspidoras de fogo.

Leia também: Você conhece a história do Pégaso? 

O cão monstruoso era responsável por guardar a entrada do reino dos mortos, ou seja o reino de Hades, deus do submundo. Ele ficava acorrentado entre as portas, impedindo a saída de qualquer um. Cérbero deixava as almas entrarem, mas jamais saírem. Quem adentrasse o Tártaro, estava condenado a lá ficar para sempre. Ele era filho de Tifão e Equidna. De sua união com uma Quimera, nasceu o Leão de Nemeia e a Esfinge.

Aparições de  Cérbero

Cérbero é uma criatura muito famosa na Mitologia Grega. O último trabalho de Hércules foi levar a Eristeu a criatura. Hércules conseguiu dominar Cérbero e montado nele, voltou ao mundo superior. Ao levar a criatura para Eristeu, esse fugiu de medo e não soube o que fazer. Hércules então devolveu Cérbero ao mundo inferior.

Uma das aparições mais famosas do cão de três cabeças é na franquia Harry Potter. No primeiro filme, o cão guarda a porta de entrada para o esconderijo da Pedra Filosofal. Batizado de Fofo, o filme mostra seu ponto fraco: para cruzar pelo temido cão, o trio de heróis toca uma canção de ninar, o que faz Cérbero cair em um sono profundo, permitindo a passagem dos heróis.

Cérberos também aparece na coleção de livros “Percy Jackson”, uma versão moderna das histórias greco-romanas, que mescla o mundo atual com o mundo dos deuses, semideuses, monstros e criaturas mágicas. Nos livros Cérbero aparece como um enorme cão que guarda as portas do Tártaro. O herói, Percy, precisa amansá-lo para poder passar por ele.

Também é mencionado na obra Divina Comédia, de Dante Alighieri, onde é responsável por atormentar a alma dos gulosos, pois ele é a personificação da gula, porque come todos os que vê pela frente com seu apetite insaciável.

Você conhecia essa história? Conta pra nós!

Leia Também: