Curiosidades

O que é um flash mob?

Imagine que você está sentado na praça de alimentação de um shopping simplesmente conversando com seus amigos ao mesmo tempo em que devora uma casquinha de sorvete. De repente, uma música começa a tocar e pessoas começam a surgir do nada e começam a dançar.Estranho, não? Pois bem, esse é um exemplo do que ficou conhecido como “flash mob”, cujas características vamos explorar ao longo desse post.

Um flash mob é geralmente definido como um grupo de pessoas que se reúnem rapidamente em um ambiente público para realizar algum tipo de performance atípica por um curto período de tempo, se dispersando logo após a apresentação como se nada tivesse acontecido. Muitas pessoas acreditam que o primeiro flash mob tenha ocorrido em 3 de junho de 2003. Naquele dia, mais de 130 pessoas apareceram no setor de venda de tapetes da loja de departamentos Macy’s, em Nova York. Minutos antes do evento, panfletos haviam sido distribuídos para pessoas que passavam na rua, fornecendo instruções sobre a apresentação.

A idéia para o flash mob veio de Bill Wasik, o editor sênior da revista Harper’s Magazine. Segundo ele, o flash mob foi inventado como um tipo de experimento social divertido destinado a incentivar a espontaneidade de grandes grupos de pessoas a assumir áreas públicas temporariamente apenas para mostrar performances atípicas. Os flash mobs rapidamente se tornaram populares nos EUA, especialmente entre os jovens. Muitos vídeos de flash mobs chegaram a viralizar no YouTube. O uso em larga escala de meios de comunicação social, como o Facebook e o Twitter, também contribuiu grandemente para a popularização dos flash mobs.

Alguns flash mobs são simplesmente destinados ao entretenimento, enquanto outros são puramente realizados como uma forma de expressão artística. Hoje, os flash mobs ainda são populares em muitas cidades ao redor do mundo. Os campi universitários também costumam ser locais populares para a realização de flash mobs. Embora eles não sejam tão populares como eram antes, muita gente acredita que os flash mobs continuarão a viver enquanto houver grandes grupos de pessoas dispostas a participar de atos curtos e aleatórios em qualquer ambiente público.

Curioso, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de