Curiosidades

O que são os totens?

Se você já assistiu algum filme que representasse de alguma forma a cultura do povo indígena norte-americano, existe uma grande possibilidade de você já ter visto enormes esculturas bastante elaboradas conhecidas como “totens”. Além de fazer parte da cultura e história de alguns povos nativos, os totens são conhecidos por apresentar ricos detalhes que são capazes de chamar a atenção de qualquer pessoa. Que tal conhecer um pouco mais sobre eles?

Os totens são grandes esculturas esculpidas em troncos de árvores que fazem parte das culturas de muitos povos indígenas, especialmente nas regiões do Alasca, da Colúmbia Britânica e do noroeste do Pacífico. Os totens podem servir a muitos propósitos além de sua beleza, de modo que seus significados são tão variados quanto as culturas que os produzem. Alguns totens representam histórias ou eventos importantes. Nesses casos, cada figura no totem representa a parte de tal história. Esses totens são usados ​​como uma forma de registrar a memória e as lendas das tribos. Os totens também podem ser usados para a adoração de deuses, sendo que nesses casos eles representam os traços e as características que a crença ou religião abrange.

Vale destacar que existem muitos outros tipos de totens. os genealógicos são geralmente erguidos em frente à casa de uma família para representar o clã ou o status social do proprietário. Os memoráveis ​​são esculpidos em homenagem a um membro falecido do clã. Estes são semelhantes aos totens mortuários, que também são criados em homenagem aos mortos, mas incluem um pequeno compartimento para as cinzas do falecido.

Curiosamente, também existe o “totem da vergonha”, que é esculpido com o objetivo de ridicularizar alguém que tenha feito algo errado. No entanto, ele pode ser retirado quando a pessoa ridicularizada se arrepende ou faz as pazes com o criador da escultura. Um famoso totem da vergonha que foi erguido em Cordova, no Alasca, incluía o rosto de um diretor de uma companhia de petróleo. Segundo os nativos locais, a escultura representa a dívida que a companhia de petróleo ainda tem com a tribo por conta de danos causados ​​pelo derramamento de óleo em Valdez, também no Alasca.

As figuras comuns encontradas em totens incluem o corvo (um símbolo do Criador), a águia (representando a paz e amizade), a baleia assassina (um símbolo de força) e outras criaturas que representam a natureza, como ursos, lobos e sapos. Embora essas esculturas tenham sido mais populares entre os indígenas no passado, elas ainda são criadas nos dias atuais. Escultores nativos da América do Norte continuam a esculpir totens como símbolos de seu orgulho cultural.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de