Curiosidades

Você conhece a história de Anúbis?

Anúbis, também conhecido por Anpu é o deus egípcio protetor, guardião e guia dos mortos. Ele era responsável por guiar a alma dos mortos no submundo.

História de Anúbis

Algumas versões contam que Anúbis era filho de Osíris e Néftis, a deusa dos desertos. Ele foi um deus do submundo. Posição essa que foi assumida por seu pai posteriormente, durante o Império Médio. Anúbis passou a ser o juiz dos mortos, embalsamador divino, guia dos mortos no submundo. A esposa de Anúbis é a deusa Anput, e a sua filha é a deusa Kebechet.

Anúbis era representado sempre com uma cabeça de chacal e corpo de homem. Era associado com a mumificação e a vida após a morte.

A história conta que Anúbis teria criado a primeira múmia ao embalsamar seu pai falecido.

Leia também: Conheça Caronte, o Barqueiro do Inferno

Julgamento dos mortos

Os egípcios acreditavam que os mortos passavam por julgamentos. Nesse julgamento, em uma balança, de um lado Anúbis colocava o coração do morto e do outro uma pena, que representava a deusa da verdade. Se o coração fosse mais pesado que a pena, significaria que o morto estava cheio de pecados. Então ele seria comido por Ammit, um demônio devorador de mortos. Se o coração se igualasse a pena, ele poderia ir ao paraíso ou a alma voltaria para o corpo. Anúbis era o responsável por guiar essa alma.

Curiosidades sobre Anúbis

  • Ele era um dos poucos deuses que não possuía um templo para ser adorado. As pessoas preferiam ir aos cemitérios para prestar homenagens a ele.
  • Seu nome egípcio é Anpu. Anúbis é o nome adaptado pelos gregos.

  • No Egito Antigo ele tinha os títulos de Senhor da Necrópole, Senhor do Oeste, Senhor da Terra.
  • A devoção dos egípcios por ele era muito grande, pois era ele quem guiava e ajudava no julgamento das almas.

Você conhecia essa história? Conta pra nós!

Leia Também: