Curiosidades

Como funciona o mercado de ações?

Provavelmente você já visitou vários tipos de mercados por aí. Mas você já esteve em um mercado de ações? Apesar de ser tema recorrente na seção de economia dos jornais, os mercados de ações ainda são desconhecidos por grande parte do público. Que tal conhecer um pouco desse assunto?

Um mercado de ações é um ambiente público no qual as pessoas compram e vendem partes que compõem o capital social de empresas, que são chamadas de “ações”. As transações em um mercado de ações são negociadas publicamente, o que significa que qualquer pessoa que queira possuir parte da empresa pode comprar ações. Os mercados de ações mais populares do mundo estão nos Estados Unidos: a Bolsa de Valores de Nova York e a Nasdaq. No entanto, existem outros mercados de ações menores ao redor do mundo que também permitem que as pessoas comprem e vendam ações, o que inclui a Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), a bolsa oficial do Brasil.

Você já ouviu falar de alguém que ganhou muito dinheiro nos mercados de ações? Pois bem, muitas pessoas compram ações na esperança de ganhar dinheiro. No entanto, fazer um lucro nos mercados de ações não é tão fácil quanto parece. Para obter lucro, os investidores precisam vender ações a um preço mais alto do que pagaram por elas, o que muitas vezes pode demorar anos e exigir um conjunto de fatores conspirando ao seu favor. O preço das ações está inteiramente ligado ao desempenho da empresa no mercado, portanto não há como saber exatamente o que acontecerá com o seu valor. Esse é o risco que os investidores assumem quando compram e vendem ações. É por isso que muitas pessoas que querem ganhar dinheiro através do mercado de ações contratam os chamados “corretores”, que fazem previsões sobre os melhores momentos para comprar e vender ações para obter lucro. Para isso, os corretores prestam muita atenção nos mercados de ações e se tornam especialistas em analisar quando os preços vão subir e descer.

Os preços das ações são definidos quando compradores e vendedores concordam com um preço. Isso significa que os valores das ações são um reflexo do quanto os investidores pensam que uma empresa vale. Isso pode ser influenciado por fatores como o destaque na mídia, desastres naturais, política e questões sociais. Por exemplo, se uma empresa aparecer no noticiário por vender produtos quebrados, ela certamente sofrerá uma queda no preço de suas ações. Por outro lado, se essa mesma empresa divulgar um relatório apresentando lucros recordes, o preço de suas ações consequentemente irá subir.

Se você está pretendendo investir no mercado de ações, lembre-se que esse tipo de investimento apresenta grandes riscos. Muitas pessoas acabam perdendo dinheiro quando o valor de suas ações cai e eventos chamados “crashes do mercado” ocorrem quando os preços de todas as ações caem de uma só vez. Por isso é importante ficar muito bem informado se as ações que você pretende comprar valem a pena e se o momento é realmente oportuno para isso.

Sabia dessa? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de