Curiosidades

A curiosa competição russa de tapas na cara

A cidade russa de Krasnoiarsk recentemente sediou o primeiro campeonato amador de tapa na cara do país, no qual os participantes batiam um no rosto do outro até um deles ser declarado o “vencedor”. O controverso evento foi realizado durante o Siberian Power Show, uma feira esportiva bastante popular que é realizada em Krasnoiarsk tradicionalmente no meio de março. O prêmio da competição girou em torno de 25.000 rublos, cerca de 1.500 reais.

Uma competição semelhante já havia ocorrido no ano passado, em Moscou, mas ela contava apenas com atletas “profissionais”. Desta vez, os organizadores decidiram dar aos amadores a chance de se mostrarem para o público, de modo que qualquer um que quisesse dar um tapa no rosto de uma outra pessoa era convidado a se inscrever. A maioria dos participantes dessa competição em Krasnoiarsk  eram apenas sujeitos aleatórios que tinham ido assistir ao Siberian Power Show e decidiram tentar algo novo (ainda que doloroso).

Funciona basicamente assim: os competidores se enfrentam em uma mesa pequena semelhante às usadas em competições de luta livre, de modo que cada um tenta acertar o rosto do outro com a palma de suas mãos. Caso haja um “nocaute”, o participante caído logo é declarado o perdedor, mas se ambos ficarem de pé depois de três bofetadas cada um, o juiz entra em cena para decidir o vencedor com base na “força” e na “técnica”.

Embora dar tapas no rosto de uma outra pessoa não seja um esporte oficial (ainda), a competição até conta com algumas regras específicas. Por exemplo, os participantes não são autorizados a acertar os adversários com a parte inferior da palma da mão, mas apenas com os dedos e a metade superior da palma, no que seria uma forma de evitar ferimentos muito graves. Eles também são proibidos de mirar no nariz, ouvidos e olhos dos adversários.

No entanto, por mais que essas regras sejam usadas para proteger os “atletas”, a verdade é que quando você é um homem de peso médio sendo agredido por um fazendeiro pesado de 150 quilos, elas podem não ajudar tanto assim.

Competição bizarra, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de